Alex Silva/Estadão
Alex Silva/Estadão

Aliviado por vitória, Dorival admite que São Paulo não jogou bem

Técnico afirma que resultado positivo contra o Sport valeu mais do que o futebol apresentado pela equipe

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

01 Outubro 2017 | 19h35

Feliz pelo resultado, mas não tanto pelo atuação. O técnico Dorival Junior, do São Paulo, afirmou neste domingo que a vitória por 1 a 0 sobre o Sport, no Morumbi, pelo Campeonato Brasileiro, compensou um futebol não tão positivo da equipe, que com o placar e a combinação das outras partidas, deixou a zona de rebaixamento da competição após oito rodadas consecutivas.

+ São Paulo bate o Sport e deixa a zona de rebaixamento

Para o treinador, depois de ter empatado em 1 a 1 com o líder Corinthians no último domingo, era esperado do time uma atuação em nível parecido. "Na semana anterior, lamentamos o empate em função do desempenho contra o Corinthians. Hoje, fizemos um jogo talvez não do mesmo nível anterior, mas sustentamos um resultado que seria fundamental", disse. O gol da partida foi marcado por Marcos Guilherme, aos 35 minutos do primeiro tempo.

Dorival entende que a equipe não repetiu o mesmo nível de concentração e, por isso, deixou o Sport evoluir no segundo tempo, quando ameaçou bastante. O goleiro Sidão foi um dos destaques do São Paulo, ao fazer duas defesas decisivas nos acréscimos para garantir o empate. "Em outros jogos, tínhamos o resultado a nosso favor e abrimos mão no final. Hoje, conseguimos inverter esse processo. A equipe precisava de um resultado como esse. Não é todo dia que vamos sofrer como sofremos. Só tenho a valorizar tudos isso", comentou Dorival.

O São Paulo saltou posições na tabela e agora tem um ponto a mais do que o Avaí, que abre a zona de rebaixamento. O técnico citou essa pequena margem para justificar que o time não deve se sentir seguro demais no Brasileiro apenas por ter saído de forma momentânea da zona de rebaixamento. "Temos que insistir no nosso conjunto. Oscilaremos ainda. É uma equipe que está sendo formada ao longo do campeonato", explicou.

O elenco são-paulino ganhará folga de dois dias depois da vitória sobre o Sport. Os jogadores se reapresentam apenas na tarde de quarta-feira, no CT da Barra Funda. O próximo compromisso é somente no dia 11, contra o Atlético-MG, no estádio Independência, em Belo Horizonte.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.