Aliviado, Roger promete ajudar Luizão

O atacante Roger não conseguiu dormir direito na viagem de Belém a Monterrey, onde a delegação do São Paulo chegou nesta segunda-feira pela manhã, para o jogo diante do Tigres, quarta-feira, pela Taça Libertadores. Mas não foi de preocupação, e sim pelo desconforto natural do avião - que levou quase doze horas para chegar ao destino. Afinal, o jogador está aliviado pelo gol que fez no empate por 2 a 2 contra o Paysandu, domingo, no Mangueirão. "Estava com muita vontade de marcar e reassumir a artilharia do Campeonato Brasileiro", contou o atacante, que tem seis gols na competição, cinco pela Ponte Preta. "Espero que possa fazer o mesmo na quarta-feira." De fato, nos dois jogos que tinha feito pelo São Paulo - contra Cruzeiro e Tigres, ambos no Morumbi - Roger parecia nervoso. Em alguns lances, por excesso de vontade, tinha dificuldade até para dominar a bola e tentar dribles simples. Mais tranqüilo, o atacante de 20 anos sabe que é difícil tentar a artilharia da Taça Libertadores - o paraguaio Santiago Salcedo, do Cerro Porteño, marcou 7 gols -, mas promete ajudar Luizão, com 4, a se tornar o goleador. "A Libertadores é diferente do Brasileiro. É difícil esconder, mas é claro que estamos dando prioridade para a Libertadores, estamos nas quartas-de-final, isso é muito sério", comenta. "A responsabilidade é maior daqui para frente, pois seremos vistos e cobrados por todos." A primeira vez - Roger chegou a Monterrey ainda deslumbrado com a primeira viagem internacional. Tinha tirado passaporte quando foi convocado para a seleção brasileira sub-18, em 2003. "Nunca usei, estava até empoeirado, em casa", brinca, depois de telefonar para o Brasil e falar com os familiares. "Na fila da alfândega, na hora de mostrar o passaporte para os fiscais, nem sabia o que fazer direito." No entanto, pelo que viu do México, até agora, Roger prefere Campinas, sua cidade natal. "É muito mais bonita do que Monterrey", afirma. "Não troco aquela cidade por nada."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.