Ivan Storti / Santos FC
Ivan Storti / Santos FC

Aliviados, santistas Madson e Jobson festejam gols e a vitória sobre o Bahia

Lateral-direito agradece a Cuca pela oportunidade de atuar de forma mais ofensiva

Redação, Estadão Conteúdo

01 de novembro de 2020 | 21h40

A derrota para o Fluminense na rodada passada e o empate diante do Ceará, pela Copa do Brasil, parecem ter pesado bastante na consciência dos jogadores do Santos. Madson e Jobson não conseguiram esconder a satisfação pela vitória sobre o Bahia, por 3 a 1, neste domingo, na Vila Belmiro.

"Estamos muito satisfeitos por termos conseguido fazer um primeiro tempo bom e com gols, coisa que estava faltando nos últimos jogos em casa", disse Madson, autor do primeiro gol. "Tenho de agradecer ao Cuca pela oportunidade de atuar de forma mais ofensiva."

O meia Jobson, que fez o terceiro gol em cobrança de falta, foi outro que não escondeu a satisfação pelo resultado. "Estou muito feliz por ter feito um gol, coisa que não conseguia há um bom tempo. Mas mais importante foi o Santos obter os três pontos e ficar em uma boa posição na tabela", disse o jogador, referindo-se à sexta colocação no Brasileirão ao final do primeiro turno.

Tanto para Madson como para Jobson os gols também foram importantes na briga para se manterem no time titular. O primeiro disputa com o titular Pará, que reformou contrato durante a semana, enquanto o segundo viu Alisson se recuperar e ficar à disposição no banco de reservas.

"O Pará é uma liderança e referência aqui no Santos. Um jogador muito importante para o elenco", disse Madson. "Com a volta do Alisson quem ganha é o Santos, pois se trata de um grade jogador", afirmou Jobson.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.