Reprodução/ Instagram
Reprodução/ Instagram

Allan, volante do Everton, raspa cabelo em apoio a filho que tem alopecia

Miguel foi diagnosticado aos quatro anos com doença que causa queda de cabelo

Redação, O Estado de S.Paulo

31 de janeiro de 2021 | 17h36

O volante Allan, do Everton, usou suas redes sociais para compartilhar seu ato de apoio ao filho Miguel, de 9 anos, que sofre com alopecia, doença autoimune que causa queda de cabelo por atacar o folículo capilar.

O jogador, que também atua pela seleção brasileira, decidiu raspar o seu cabelo. O momento foi registrado por sua mulher, Thais Marques, que disse elogiou o marido pela solidariedade: "Obrigada por ser o pai mais incrível do mundo".

Miguel foi diagnosticado com alopecia quando tinha apenas 4 anos. Para colaborar com as adaptações e aliviar os sofrimentos da criança, o volante da equipe de Liverpool adotou o mesmo corte de cabelo.

"Sei que toda mãe é suspeita, mas ele é tão especial. Criança amada, amável, escolhida e separada por Deus. Obra prima do criador. Feito e perfeito do jeitinho que o Pai sonhou para nós. Te amamos, pequeno! E amamos também essa sua carequinha", publicou Thais.

Com uma lesão na coxa, Allan não entra em campo pelo Everton desde meados de dezembro. Sua equipe ocupa a 8.ª posição no Campeonato Inglês e foi derrotada pelo Newcastle, neste sábado, por 2 a 0.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.