Steven Paston/AP
Steven Paston/AP

Allegri confirma Juventus com trio Dybala, Higuaín e Douglas Costa

Equipe italiana enfrenta o Tottenham nesta quarta-feira, às 16h45, em Londres, no jogo de volta das oitavas de final

Estadão Conteúdo

06 Março 2018 | 18h14

O técnico Massimiliano Allegri, da Juventus , confirmou na entrevista coletiva desta terça-feira a presença do trio de atacantes Dybala, Higuaín e Douglas Costa no duelo contra o Tottenham na quarta-feira, às 16h45 (de Brasília), em Londres, no jogo de volta das oitavas de final da Liga dos Campeões.

+ Pochettino exalta boa fase do Tottenham e minimiza volta de Higuaín à Juventus

Higuaín era a principal dúvida na equipe. O jogador ficou de fora das duas últimas partidas da Juventus por conta de uma lesão no tornozelo. No entanto, voltou a treinar na segunda-feira e foi relacionado mesmo sem estar em plenas condições. "Amanhã (quarta-feira) é o tipo de jogo que todo atleta quer estar em campo, mesmo que não esteja 100%", afirmou o treinador.

O atacante argentino marcou os dois gols da Juventus no empate por 2 a 2 com o Tottenham, no jogo de ida, em Turim. Mesmo assim, terminou a partida como alvo de críticas dos seus torcedores por ter desperdiçado um pênalti no final do primeiro tempo do duelo, quando a sua equipe já vencia por 2 a 1.

Dybala também se recuperou recentemente de lesão e voltou a campo contra a Lazio, no sábado, pelo Campeonato Italiano. Foi dele o gol que garantiu a vitória por 1 a 0. O brasileiro Douglas Costa foi poupado da partida.

A baixa da Juventus fica por conta do atacante Mario Madzukic, lesionado. Apesar do problema, Allegri optou por manter a equipe com formação ofensiva, afinal, o empate sem gols garante a classificação ao Tottenham.

"Não sei como o Tottenham vai jogar amanhã. Precisamos melhorar muito tecnicamente em relação ao jogo de ida, especialmente no que produzimos no segundo tempo. Será como uma final, porque precisamos buscar o resultado ou estamos eliminados. A diferença se dará na posse de bola e em aproveitar as chances", opinou o treinador.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.