Daniel Teixeira/Estadão
Daniel Teixeira/Estadão

Allianz Parque começa a instalação da grama sintética na semana que vem

Estádio do Palmeiras recebe carga de três contêineres para iniciar obra, que deve terminar na segunda quinzena de fevereiro

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

10 de janeiro de 2020 | 17h18

O Allianz Parque vai começar a instalar a grama sintética no início da próxima semana. Os rolos com todo o material, ferramentas e acessórios do novo piso chegaram ao estádio do Palmeiras nesta sexta-feira. A previsão é que depois do começo do serviço, tudo fique pronto em cerca de 30 dias. Portanto, a estreia da equipe no local deve ser apenas na segunda quinzena de fevereiro.

Com o prazo, é certo que o time do técnico Vanderlei Luxemburgo terá de recorrer ao Pacaembu para mandar os jogos do Campeonato Paulista contra São Paulo e Oeste. Caso a instalação avance sem problemas, como o excesso de chuvas, o Allianz Parque poderá receber o primeiro jogo com grama sintética no dia 16 de fevereiro, com o encontro entre Palmeiras e Mirassol, ou no dia 20, na partida diante do Guarani.

O material do novo gramado sintético veio da Europa de navio e desembarcou no Brasil na segunda-feira em Navegantes (SC). A escolha pela chegada na cidade catarinense foi por se tratar de um porto privado e de menor burocracia alfandegária. Depois, a viagem seguiu com um comboio de caminhões até São Paulo. A carga deixada no estádio veio em três contêineres.

A empresa responsável pela instalação do campo sintético é a Soccer Grass, que também vai realizar o mesmo trabalho em um dos campos da Academia de Futebol. A nova grama terá altura de 5 centímetros. O material foi desenvolvido na Holanda. Entre as fibras, será colocado um preenchimento de TPE (elastômero termoplástico), feito na Itália. Na base, estará colocada uma manta de amortecimento produzida na Alemanha.

Toda a operação de transporte do material, instalação do gramado e escolha da tecnologia foi feita de maneira alinhada entre Allianz Parque, Soccer Grass e Palmeiras. Todas as partes estiveram reunidas em vários encontros ao longo dos últimos meses para tentar encontrar a melhor opção. O intuito principal do novo gramado é possibilitar que a arena concilie melhor a agenda de shows com o cronograma de jogos, sem precisar obrigar o time a recorrer a outros locais. 

O último evento do Allianz Parque será no domingo, com o treino aberto do time feminino do Palmeiras. A atividade terá a cobrança simbólica de entradas no valor de R$ 1 para testar o sistema de venda de ingressos.  

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.