Aloísio passa informações do São Paulo a Dagoberto

Ex-companheiro de Dagoberto no Atlético Paranaense, o atacante Aloísio revelou nesta segunda-feira que vem conversando freqüentemente com o jogador, cuja contratação interessa ao São Paulo. "Nos falamos pela última vez na semana passada. Somos amigos desde a época em que eu passei pelo Atlético-PR. Disse para ele que aqui as coisas são bem tranqüilas e que no São Paulo só é preciso pensar em jogar bem, não temos qualquer outro tipo de preocupação", contou Aloísio. "Ele comentou comigo que quer resolver logo esta situação para poder jogar. Formamos uma boa dupla no Atlético-PR, mas jogamos pouco."A contratação de Dagoberto, que está em litígio com o Atlético, é um antigo sonho da diretoria são-paulina, que só espera pelo mês de abril, quando a multa rescisória cai para cerca de R$ 4 milhões, para fechar o negócio.No entanto, o assessor da presidência, João Paulo de Jesus Lopes, afirmou que há possibilidade de a contratação ser anunciada antes desse prazo. "O presidente Juvenal Juvêncio conversou na última semana com a diretoria do Atlético tentando viabilizar o acerto sem que o São Paulo precise apenas depositar a multa rescisória do atleta no final do mês. Acredito que antes disso chegaremos a um acordo", explicou o dirigente, ao site oficial do clube.Jorge Wagner deve jogar clássicoMuricy Ramalho receberá excelente notícia para o jogo contra o Santos: a liberação do meia Jorge Wagner. O jogador tem grandes chances de estar à disposição do treinador do São Paulo para o clássico contra de domingo, na Vila Belmiro. ?A expectativa é muito grande para que tudo se resolva ainda esta semana?, afirmou João Paulo de Jesus Lopes, assessor da presidência do clube.O otimismo da diretoria são-paulina é resultado de um cenário favorável para o jogador. Em primeiro lugar, toda a documentação de Jorge Wagner está regularizada. Ele treina normalmente no clube e está registrado tanto na Federação Paulista quanto na Confederação Brasileira de Futebol. O envio de documentos à Fifa é, segundo Lopes, apenas uma precaução. ?O jogador tem condição de jogo, mas não queremos correr riscos. Fizemos uma consulta à Fifa, que pediu alguns papéis que já foram enviados. A liberação pode sair a qualquer momento?, explicou o dirigente.Enquanto isso...Enquanto Dagoberto não vem, o São Paulo pode ter dois reforços nos próximos dias, o atacante Borges e o lateral-esquerdo Richarlyson treinaram com bola nesta segunda-feira e podem ficar em breve à disposição de Muricy. O primeiro se recuperou de um estiramento no ligamento colateral medial do joelho esquerdo sofrido na vitória do São Paulo por 3 a 0 diante do São Bento, no dia 7 de fevereiro. Já o segundo teve uma fratura no braço direito e ainda não atuou neste ano. Os dois jogadores ainda passarão por um processo de recondicionamento físico para chegar ao mesmo nível dos companheiros. Portanto, eles não devem ser relacionados para os jogos contra o Guaratinguetá, quinta-feira, no Morumbi, e Santos, domingo, na Vila Belmiro.Com Amanda RomanelliAtualizada às 19h40

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.