Hélvio Romero/Estadão
Hélvio Romero/Estadão

Aloísio quer ritmo de jogo no São Paulo até enfrentar o Atlético-MG

Atacante pretende adquirir mais preparo para estar em forma para a partida decisiva

Agência Estado,

09 de abril de 2013 | 15h05

SÃO PAULO - Aloísio chegou ao São Paulo para ser um reserva confiável de Luis Fabiano e agora tem a chance de mostrar que sua contratação não foi em vão. É dele que se esperam gols no jogo mais importante do ano, na quarta-feira da semana que vem, contra o Atlético-MG pela Copa Libertadores. A equipe não depende só de si para se classificar, mas o ideal é vencer por pelo menos dois gols de diferença para poder ficar com a vaga em casa de empate entre Arsenal e The Strongest.

Para cumprir bem essa função de fazer de gols, Aloísio cobra uma sequência na equipe. Ele foi titular contra o The Strongest (no lugar de Luis Fabiano, suspenso), entrou no segundo tempo contra o Botafogo-SP, marcou um gol, e agora vive a expectativa de ser mantido no time para enfrentar o União Barbarense, nesta quarta-feira, pelo Paulistão.

Luis Fabiano está disponível, mas a tendência é Ney Franco já testar o time que vai enfrentar o Atlético-MG. E como na Libertadores o centroavante está suspenso, Aloísio teria a chance de se adaptar à função de homem de área, diferente do que vinha atuando.

"Fui feliz no último jogo com o gol, que ajudou o São Paulo no Campeonato Paulista. Além disso, estou pegando mais ritmo de jogo como centroavante, posição que ainda não atuei muito no São Paulo, e espero conseguir esse ritmo necessário para ajudar o time nesse jogo tão importante", comentou Aloísio.

Ele espera conseguir substituir Luis Fabiano à altura:"A gente sabe a grandeza do Luis Fabiano, que é um grande centroavante e importantíssimo para o clube. Infelizmente ele não poderá atuar, mas tenho que saber que fui contratados pra fazer gols, e é isso que estou buscando", afirmou o atacante.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.