Andreas Gebert/Reuters
Andreas Gebert/Reuters

Davies se recupera de miocardite em razão da covid-19 e volta a treinar no Bayern após dois meses

Consequência do coronavírus, inflamação do músculo cardíaco foi detectada em janeiro no atleta de apenas 21 anos

Redação, O Estado de S.Paulo

14 de março de 2022 | 22h36

Após dois meses afastado dos gramados, Alphonso Davies voltou a integrar os treinos do Bayern de Munique. O lateral-esquerdo de 21 anos se recuperou de uma miocardite decorrente da covid-19 e correu ao redor dos campos de treinamento da equipe bávara neste domingo.

Apesar de reabilitado, o jogador ganense naturalizado canadense ainda não tem previsão de retornar aos gramados. Na verdade, há muita cautela em relação a isso. O técnico Julian Nagelsmann explicou, após o empate em 1 a 1 em Hoffenheim, no sábado, que a "inflamação do músculo cardíaco acabou", mas que Davies pode estar "moderadamente estressado."

Nesta segunda-feira, ele teve trabalhos com bola, mas nada muito intenso. Alphonso Davies não joga desde dezembro. Ele foi diagnosticado com a doença em janeiro deste ano, logo após testar positivo para o novo coronavírus. A última vez em que esteve em campo foi na vitória por 4 a 0 sobre o Wolfsburg, em duelo válido pelo Campeonato Alemão.

Além de Davies, Leon Goretzka também está na fase final de seu processo de recuperação. No entanto, por mais que as notícias em Munique sejam boas, é improvável que Davies esteja em campo pelas quartas de final da Liga dos Campeões. O Bayern aplicou um sonoro 7 a 1 sobre o RB Salzburg na última terça-feira e agora espera pelo sorteio que vai definir o rival da próxima fase.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.