Alvaro projeta São Paulo ligado na Copa Sul-Americana

Lateral uruguaio garante que derrota para o Bragantino fez equipe embalar no Brasileirão e aposta em coletividade do grupo

FERNANDO FARO, Estadão Conteúdo

28 de agosto de 2014 | 14h05

O São Paulo que entrará em campo nesta quinta-feira contra o Criciúma, em Santa Catarina, será bastante diferente daquele que caiu diante do Bragantino, em casa, na Copa do Brasil há duas semanas. Ao menos essa é a promessa de Alvaro Pereira, que acredita que o time aprendeu a lição com o vexame que quase instaurou uma crise no Morumbi.

O lateral-esquerdo uruguaio acredita que a postura apática não será repetida no estádio Heriberto Hülse, em Criciúma (SC), mas também vê aquele tropeço como decisivo para fazer os jogadores reagirem na temporada e não serem tragados pela má fase.

"Na derrota se aprende muitas coisas. Contra o Bragantino foi uma fatalidade e não pode voltar a acontecer, mas foi por isso que embalamos no Brasileirão. Em algum momento tínhamos que mostrar nossos valor em campo. Temos capacidade de brigar pelo título e chegar longe nesta competição", afirmou Alvaro Pereira.

O uruguaio será um dos titulares em campo já que está suspenso no Campeonato Brasileiro e não pegará o Figueirense, em Florianópolis, neste domingo. Para ele isso não pode ser um problema, já que o São Paulo tem um elenco grande e que precisa mostrar seu valor. "Quem jogar tem que estar preparado e mostrar que pode jogar no São Paulo. Do número 1 ao 25 tem que ser importante, a individualidade pode resolver um jogo, mas o campeonato se ganha coletivamente", ponderou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.