Sascha Steinbach/EFE
Sascha Steinbach/EFE

Alvo de suposta agressão na Alemanha, torcedor do City fica em 'estado crítico'

Time inglês venceu o Schalke 04 por 3 a 2 em Gelsenkirchen nesta quarta-feira pela Liga dos Campeões

Redação, Estadão Conteúdo

21 de fevereiro de 2019 | 12h38

O Manchester City divulgou um comunicado nesta quinta-feira para confirmar que um torcedor do clube está internado "em estado crítico" em um hospital da Alemanha depois de supostamente ter sido vítima de uma agressão após o confronto entre o time inglês e o Schalke 04, na noite da última quarta, em Gelsenkirchen, na Alemanha, pelas oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa.

O City venceu este duelo de ida do mata-mata continental por 3 a 2, na Veltins-Arena, e o clube destacou que "está trabalhando com a polícia da Grande Manchester e a polícia alemã para obter mais informações" sobre este caso envolvendo o torcedor, cuja identidade não foi revelada pela equipe.

O clube inglês ainda informou que membros do seu staff permaneceram na Alemanha para "apoiar a família do torcedor ferido do City que atualmente está em estado crítico no hospital". Por fim, o comunicado enfatiza que "qualquer pessoa com informação que possa ajudar a polícia deve entrar em contato no número telefônico 101".

Com o triunfo por 3 a 2 sobre o Schalke 04, o time comandado por Pep Guardiola poderá perder por 1 a 0 ou até por 2 a 1 para avançar às quartas de final da Liga dos Campeões, no próximo dia 12 de março, na Inglaterra, tendo em vista o maior peso dos gols marcados fora de casa para efeito de desempate no saldo final dos dois placares.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.