J. F. Diório/Estadão
J. F. Diório/Estadão

Alvo do Palmeiras, Barrios diz que quer jogar na Argentina

Atacante de 30 anos está de saída do Montpellier, da França

Daniel Batista, O Estado de S. Paulo

29 de maio de 2015 | 17h40

Um dos nomes mais cotados para reforçar o ataque do Palmeiras, Lucas Barrios pode acabar trocando o futebol francês pelo argentino. O argentino naturalizado paraguaio está de saída do Montpellier da França e admite a possibilidade de voltar para seu país de origem, apesar do interesse alviverde.

"Gostaria de jogar em um dos grandes da Argentina para brigar por coisas importantes. Fui campeão em vários lugares e espero ser campeão na Argentina. Eu explodi no Chile (pelo Colo Colo), mas saí do Argentinos Juniors, onde tenho que agradecer, pois fizeram de tudo para que eu me tornasse um grande profissional", disse o atacante de 30 anos, em entrevista para a rádio Guemes, da Argentina. 

Ele ainda assegurou que sua intenção é encerrar a carreira no Colo Colo, mas não pensa em pendurar as chuteiras. Recentemente, ele foi procurado pelo River Plate, mas o negócio não foi adiante. "Seguramente, em algum momento vai acontecer de jogar na Argentina de novo", projetou.

O jogador só vai decidir seu futuro após a Copa América, já que foi convocado para a seleção paraguaia. Ele pertence ao Spartak de Moscou, que ainda vai definir se fica com ele ou tenta vendê-lo. A chance de empréstimo é pequena, pois ele tem contrato por apenas mais uma temporada. 

"Tenho que analisar as possibilidades depois da Copa América. Não depende só de mim, mas também do Spartak. Tive uma boa temporada na França e preciso conversar. Seguramente, vão querer que eu fique ou que me transfira em definitivo", comentou. 

Barrios é um dos primeiros nomes da lista de atacantes que o Palmeiras tem interesse. O jogador se encaixa no perfil desejado pelo técnico Oswaldo de Oliveira, que é de um goleador experiente. Após o jogo contra o ASA, o treinador chegou a comentar que Leandro Pereira e Cristaldo estão sentindo o momento da equipe pela juventude.

Tudo o que sabemos sobre:
PalmeirasMercado de BolaFutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.