Divulgação
Divulgação

Alvo do São Paulo, Kieza reclama de demora na negociação

Atacante lamenta impasse e é disputado também pelo Bahia

O Estado de S. Paulo

07 de janeiro de 2016 | 17h15

Disputado por São Paulo e Bahia, o atacante Kieza desabafou nesta quinta-feira em uma rede social. O jogador criticou a demora para se resolver o impasse sobre onde vai jogar em 2016. O Shanghai Shenxin, da China, é dono dos direitos ecônomicos dele e negocia com os dois clubes, em conversas que começaram ainda antes do Natal e não têm prazo para acabar.

"Ficando p... já. Nada que se resolve meu Deus", escreveu o jogador no Twitter. O atacante de 29 anos está desde 2014 no Bahia por empréstimo e na última temporada foi vice-artilheiro da Série B, com 14 gols. O time tenta negociar a permanência dele e já fez uma proposta, recusada pelos chineses. O Shanghai Shenxin quer R$ 5,6 milhões para liberar o atacante.

O São Paulo também monitora a situação e espera contar com Kieza ainda nesta pré-temporada. Até agora o clube do Morumbi não anunciou reforços, mas já acertou com o zagueiro uruguaio Diego Lugano e o lateral-esquerdo chileno Mena.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.