Giorgio Perottino/Reuters
Giorgio Perottino/Reuters

Ameaça de bomba causa pânico entre torcedores da Juventus em praça na Itália

Confusão teria se iniciado quando um homem acendeu um rojão entre torcedores da Juventus que assistiam à final da Liga dos Campeões

O Estado de S.Paulo

03 de junho de 2017 | 19h29

Um possível alarme falso de bomba causou pânico entre torcedores da Juventus que assistiam à final da Liga dos Campeões na praça San Carlo, em Turim, na Itália, neste sábado (3). A confusão começou depois do terceiro gol do Real Madrid, que venceu a partida por 4 a 1, e se sagrou campeão do torneio continental.

De acordo com o jornal italiano "Gazzeta dello Sport", um homem teria soltado um rojão no meio dos cerca de 40 mil torcedores e gritou que era uma bomba. Houve correria e algumas pessoas se feriram por causa do tumulto e do empurra-empurra. Alguns torcedores disseram ter ouvido outros estrondos.

O repórter da agência de notícias Associated Press, Brian Hendrie, que estava na praça, relata que pelo menos uma pessoa precisou ser retirada da praça em uma maca pelas equipes de emergência, que também atenderam diversos torcedores no local.

"Na hora da explosão, vi toda a praça ir em direção ao telão para escapar, todos em pânico. Alguns caíram no chão e se machucaram com pedaços de vidro", relata Hendrie.

A polícia ainda não divulgou um número oficial de feridos, mas a imprensa italiana fala em até 200 pessoas machucadas, nenhuma com gravidade, durante a confusão. O incidente foi registrado por alguns torcedores, que divulgaram imagens do incidente nas redes sociais. Assista:

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.