Divulgação/ Coritiba FC
Divulgação/ Coritiba FC

Ameaçado de queda, Coritiba enfrenta Flamengo com retornos e desfalques

Equipe do Alto da Glória teve sua última vitória há pouco mais de um mês

Redação, Estadão Conteúdo

21 de novembro de 2020 | 13h43

O Coritiba tem retornos e desfalques para o duelo contra o Flamengo neste sábado, às 19 horas, no Maracanã, pela 22.ª rodada do Campeonato Brasileiro. O técnico Rodrigo Santana está recuperado, após testar positivo para covid-19, e poderá comandar o time do banco de reservas. Além dele, estão livres do vírus o zagueiro Nathan Silva e o meio-campista Matheus Galdezani.

O primeiro disputa posição com Rodolfo Filemon, enquanto o segundo deverá iniciar entre os titulares. O treinador também poderá contar com Yan Sassé, que cumpriu suspensão automática, e Cerrutti. Ambos iniciarão no banco de reservas.

Por outro lado, Rodrigo Santana não poderá contar com o volante Ramón Martínez, o defensor Henrique Vermudt e o atacante Ricardo Oliveira, todos com covid-19. Além de Hugo Moura, por pertencer ao Flamengo, e Rodrigo Muniz, que retornou ao time rubro-negro a pedido de Rogério Ceni.

"É uma alegria muito grande estar voltando. O isolamento é um sofrimento muito grande. O resultado, infelizmente não veio, no último jogo, mas o futebol nos dá a chance de dar a volta por cima e nada melhor que contra o nosso próximo adversário, fora de casa. É claro que vai ser difícil, a gente respeita a equipe, mas temos capacidade para isso", falou o treinador.

O Coritiba se preocupa com o risco de rebaixamento. O time paranaense vem de dois tropeços consecutivos e aparece apena na 18.ª colocação, com 20 pontos, a três do Vasco, o primeiro fora da degola.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.