Divulgação
Divulgação

Ameaçado de queda, São Bernardo demite  o técnico Edson Boaro

Diretoria anuncia saída do treinador após a derrota para o Rio Claro 

Estadão Conteúdo

16 Março 2015 | 08h05

Ameaçado pelo rebaixamento, o São Bernardo resolveu mudar de comando. Isso aconteceu neste domingo à noite após o resultado desfavorável contra o Rio Claro, por 1 a 0, no ABC, pela 10.ª rodada do Campeonato Paulista. O diretor executivo de futebol do São Bernardo, Edgard Montemor, comunicou a saída de Edson Boaro do cargo de treinador.

Edson Boaro ajudou muito o clube, mas caiu diante dos resultados negativos no Paulistão. Com apenas oito pontos, o São Bernardo é o lanterna do Grupo A e na tabela geral aparece em 18.º lugar, atrás do São Bento, com nove, e na frente apenas de Bragantino, com seis, e Marília, com dois pontos.

"Não há pedido de demissão, há um consenso sobre a mudança de treinador", afirmou o dirigente, não adiantando qual será seu substituto. O próximo adversário do time no Paulistão será o Palmeiras, no ABC, no domingo.

Em sua sexta oportunidade como treinador do São Bernardo, Edson Boaro comandou a equipe em 72 partidas, tendo obtido 28 vitórias, 22 empates e 22 derrotas. Sob a direção de Boaro, o time conquistou a Copa Paulista de 2013 e ocupou a nona colocação no Paulistão de 2014, sua melhor marca na história da competição.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.