Ameaçado, Sunderland anuncia Di Canio como técnico

O Sunderland anunciou neste domingo a contratação do polêmico ex-atacante Paolo Di Canio como novo técnico. O italiano assinou contrato por dois anos e substituirá Martin O''Neill, demitido após a derrota para o Manchester United no último sábado, que manteve a equipe a um ponto da zona de rebaixamento no Campeonato Inglês.

AE-AP, Agência Estado

31 de março de 2013 | 19h01

"O único objetivo de todos pelos próximos sete jogos será de assegurar que ganhemos pontos suficientes para manter-nos na elite", apontou Ellis Short, dono do clube, em comunicado. "Acho que as nossas chances de alcançar isso aumentam muito com o Paolo se juntando a nós", completou.

A derrota para o Manchester marcou a oitava partida seguida do Sunderland sem vitória. A equipe é apenas a 16.ª colocada na tabela, com 31 pontos, e está apenas um ponto à frente do Aston Villa, que hoje estaria rebaixado.

Di Canio atuou no Campeonato Inglês por Sheffield Wednesday, West Ham e Charlton. O treinador, de 44 anos, ficou famoso pelas polêmicas quando era jogador. Com a camisa da Lazio, chegou a fazer gestos fascistas em direção à torcida na comemoração de um gol.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSunderlandDi Canio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.