Carl de Souza/AFP
Carl de Souza/AFP

Ameaçados no grupo do Brasil, Peru e Bolívia se enfrentam no Maracanã

Peruanos querem se aproximar da vaga e bolivianos jogam para evitar eliminação na Copa América

Marcio Dolzan / Rio, O Estado de S.Paulo

18 de junho de 2019 | 04h30

Após passarem em branco na rodada de abertura, Peru e Bolívia jogam às 18h30 desta terça-feira, no Maracanã, buscando seus primeiros gols e, mais do que isso, uma vitória para se manterem vivos na Copa América. Lanternas do Grupo A, os bolivianos correm o risco de serem eliminados já na segunda rodada em caso de derrota. Já os peruanos precisam dos três pontos para não correrem o risco de enfrentar o Brasil na última rodada necessitando da vitória.

A situação mais delicada é da Bolívia, que sofreu 3 a 0 para o Brasil, em uma partida definida pelo técnico Eduardo Villegas como "traumática". Visivelmente abatido nessa segunda-feira, véspera do jogo com o Peru, ele projeta um confronto melhor do que aquele visto na sexta-feira.

"Uma coisa é jogar com o Brasil, outra é jogar com o Peru", disse Villegas. "Sabemos o nível do Peru, mas vamos sair para buscar o jogo", prometeu o treinador. Apesar disso, ele reconheceu que o momento do futebol boliviano é de reconstrução, e chegou a pedir paciência para torcedores e jornalistas.

Entre os jogadores, a meta é não repetir os erros da estreia. "(Contra o Brasil) Foi um primeiro tempo sem muitos erros, e por isso eles não conseguiram jogar. No segundo tempo, houve uma mão acidental, não uma falta. Com o VAR, não há nada que possamos fazer. Os gols foram erros que vamos tentar evitar. Cada erro se paga muito caro", disse o zagueiro Marvin Bejarano, citando o pênalti que abriu a contagem no Morumbi.

Apontado como segunda principal força no Grupo A, o Peru ficou num empate sem gols na estreia. E, por isso, precisa vencer para encaminhar a classificação. Na segunda, o grupo de jogadores treinou no Engenhão, em atividade que a imprensa teve apenas 15 minutos de acesso. 

O técnico Ricardo Gareca deverá repetir a escalação da estreia com a Venezuela. A única dúvida é Cueva, que levou uma pancada na nuca no jogo em Porto Alegre e acabou sendo substituído no intervalo. O jogador, porém, deverá começar o jogo desta terça.

FICHA TÉCNICA:

BOLÍVIA x PERU

BOLÍVIA - Lampe; Saúl Torres, Haquín, Jusino e Marvin Bejarano; Justiniano, Saucedo, Raúl Castro e Chumacero; Leo Vaca e Marcelo Moreno. Técnico: Eduardo Villegas

PERU - Gallese; Advíncula, Zambrano, Abram e Trauco; Tapia, Gonzáles, Yotún, Cueva e Farfán; Paolo Guerrero. Técnico: Ricardo Gareca.

ÁRBITRO - Roddy Zambrano (Equador).

HORÁRIO - 18h30

LOCAL - Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.