Kimimasa Mayama/EFE
Kimimasa Mayama/EFE

América do México supera Mazembe e termina Mundial em 5º

No Japão, Zúñiga garantiu a vitória sobre rival africano por 2 a 1

Estadão Conteúdo

16 de dezembro de 2015 | 09h01

O América do México assegurou a quinta colocação no Mundial de Clubes nesta quarta-feira. Em Osaka, no Japão, a equipe superou o Mazembe, da República Democrática do Congo, por 2 a 1, no confronto entre os dois times derrotados na quartas de final da competição.

Classificado ao Mundial de Clubes por ter conquistado o título da Liga dos Campeões da Concacaf, o América caiu na luta por uma vaga nas semifinais ao perder de virada para o chinês Guangzhou Evergrande. Assim, só lhe restou a disputa do quinto lugar, garantido nesta quarta-feira.

Essa foi a segunda participação do América no Mundial - em 2006, o time foi o quarto colocado. O Mazembe perdeu para o japonês Sanfrecce Hiroshima nas quartas de final. E, com a derrota desta quarta, repetiu a campanha do Mundial de 2009 - no ano seguinte, eliminou o Internacional nas semifinais e foi vice-campeão.

Nesta quarta, no Estádio Nagai, os times definiram o placar da partida ainda no primeiro tempo. O América abriu vantagem com o gol do argentino Dario Benedetto aos 19 minutos. Logo após o gol, contundido, ele precisou ser substituído. E foi exatamente quem entrou em campo no seu lugar, Martín Zúñiga, que fez 2 a 0, aos 28 minutos.

O Mazembe marcou o seu gol, o único nesta edição do torneio, aos 43 minutos, com Rainford Kalaba, da Zâmbia, mas foi suficiente para impedir que o América, mesmo que modo melancólico, encerrasse a sua participação no Mundial em quinto lugar e com uma vitória.

Agora o Mundial de Clubes vai definir os seus finalistas. O River Plate, campeão da Copa Libertadores, superou o Sanfrecce Hiroshima, que venceu o último Campeonato Japonês, por 1 a 0. A outra semifinal vai ser nesta quinta com o duelo entre Barcelona, que levou o título da Liga dos Campeões da Europa, e o Guangzhou Evergrande, que faturou a Liga dos Campeões da Ásia.

O Mundial de Clubes reúne anualmente os seis campeões continentais e um representante do país-sede. A decisão do torneio vai ser disputada no próximo domingo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.