América do México vence time canadense, é campeão da Concacaf e vai ao Mundial

O América do México conquistou o título da Liga dos Campeões da Concacaf na noite desta quarta-feira ao derrotar o Montreal Impact por 4 a 2, na cidade canadense. Com o resultado, o time mexicano reverteu a vantagem do time da casa, que jogava pelo empate sem gols após o 1 a 1 da partida de ida, e obteve seu sexto troféu da competição continental.

Estadão Conteúdo

29 de abril de 2015 | 23h14

O América conquistou também a vaga no Mundial de Clubes da Fifa, a ser disputado em dezembro. É o segundo time a garantir a classificação para jogar no Japão. O primeiro foi o Auckland City, quarto colocado no Mundial do ano passado, ao se sagrar campeão da Liga dos Campeões da Oceania nesta temporada.

Apesar da derrota em casa, o Montreal Impact tem motivos para exaltar o vice-campeonato. O time, que disputa a Major League Soccer, nos Estados Unidos, obteve a melhor campanha de um time canadense na competição da Concacaf.

Após sofrer para buscar o empate no jogo de ida, o América voltou a sair atrás no placar nesta quarta. Os visitantes levaram um susto ao levar o gol logo aos 8 minutos no gramado sintético do Stade Olympique. E demoraram para buscar a reação.

A virada só veio na segunda etapa, no embalo do belo gol marcado por Darío Benedetto aos 4 minutos. Após levantamento da direita na área, ele acertou lindo voleio dentro da área e empatou a partida.

O América passou à frente no marcador aos 18. Em novo levantamento na área da direita, Oribe Peralta desviou de cabeça na pequena área e mandou para as redes - o mesmo Peralta algoz da seleção brasileira na final olímpica de Londres-2012.

Cada vez mais à vontade em campo, o time mexicano não demorou para ampliar o placar. Aos 20, Benedetto voltou a surpreender a defesa do Montreal. Ele se antecipou à marcação e só completou para as redes após cruzamento da esquerda. Quinze minutos depois, o mesmo Benedetto anotou o quarto e praticamente definiu a partida.

Antes do apito final, o Montreal ainda conseguiu descontar. Jack McInerney marcou o segundo gol dos canadenses aos 44 minutos do segundo tempo. Mas não evitou o revés e o vice-campeonato na decisão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.