América e Santo André trocam de técnicos nesta segunda

O carnaval não vai ser de festa para dois treinadores de times do Campeonato Paulista, que foram demitidos nesta segunda-feira. O América trocou Márcio Bittencourt por Heriberto da Cunha, ex-Figueirense, e o Santo André resolveu tirar Luiz Carlos Ferreira para a entrada de Leandro Campos. No total, foram 10 trocas em nove rodadas. A mudança em Rio Preto foi anunciada pelo presidente Alcides Zanirato, que não soube explicar ainda como vai acertar a dispensa de Bittencourt, que teria uma pesada multa rescisória. A saída seria colocá-lo na função de gerente de futebol ou no comando de um time ?B? ou de juniores. O seu substituto, Heriberto da Cunha, deixou o Figueirense na semana passada. Ele chega ao Teixeirão na quarta-feira e deve ter sua própria comissão técnica, com treinador de goleiros, fisicultor e auxiliar-técnico. Os nomes não foram divulgados. O América soma oito pontos e ocupa a 16.ª posição. No sábado perdeu para o São Paulo, por 4 a 2, e no final de semana vai enfrentar, em Bauru, o Noroeste, melhor time do interior. A situação do Santo André é mais crítica. O time é lanterna do Paulistão, com apenas dois pontos, sendo o único que trocou de técnico duas vezes. O clube começou a temporada com Ruy Scarpino, que perdeu quatro jogos. Depois assumiu Luiz Carlos Ferreira, que conseguiu dois empates e acumulou três derrotas. O novo técnico será Leandro Campos, que ano passado dirigiu o Ituano no Campeonato Brasileiro da Série B. A sua estréia acontecerá diante do Guaratinguetá, no Vale do Paraíba, na tentativa de se reabilitar da derrota para o Sertãozinho, por 3 a 2, no último sábado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.