América faz a festa, dos adversários

O mais importante torcedor do América só viu 20 minutos do jogo do seu time contra o Vasco pelo Torneio Rio-São Paulo. Contra o Fluminense, apenas 27, e contra o Corinthians, no sábado passado, 33. O motivo é uma tática que Giulite Coutinho criou depois de tantos anos de sofrimento torcendo pela equipe. "Só vejo o jogo até o segundo gol da equipe adversária. Depois, paro", diz ele, oitenta anos de fanatismo pelo América.Leia mais no Jornal da Tarde

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.