América goleia o Palmeiras por 4 a 1

Três derrotas seguidas no Paulistão, com oito gols sofridos e dois marcados. O Palmeiras complicou sua situação no campeonato após ser goleado por 4 a 1 pelo América, na noite desta quarta-feira, em São José do Rio Preto. Desfalcado de seis titulares, o time palmeirense foi péssimo em campo e, com 17 pontos, já sofre ameaça de rebaixamento. No primeiro tempo, só o América jogou. O Palmeiras começou retraído e, com apenas três minutos de jogo, o meia Paulo Santos completou, de cabeça, cruzamento vindo da esquerda, fazendo 1 a 0. Aos 15 e aos 21, Finazzi e Lau quase ampliaram.O Palmeiras não atacava e também não marcava, deixando espaço enorme para a equipe da casa. Aos 30 minutos, o habilidoso Danilinho aproveitou o espaço, enfileirou dribles e acabou derrubado dentro da área pelo zagueiro Gabriel. O artilheiro Finazzi cobrou e fez seu 12º gol no Paulista.Sete minutos depois, o Palmeiras acordou em duas boas jogadas de Fabiano. Na primeira, a zaga tirou para escanteio. Na segunda, Chicão derrubou o lateral palmeirense e levou amarelo. Osmar bateu o pênalti e descontou. Dois minutos antes do intervalo, Finazzi perdeu boa chance, de cabeça, e, no lance seguinte, Chicão deu carrinho por trás em Diego Souza e foi expulso. No intervalo, Candinho, irritadíssimo, discutiu com o árbitro Edílson Pereira de Carvalho, acusando-o de xingar os jogadores palmeirenses. No início da segunda etapa, com um jogador a mais, o Palmeiras melhorou e pressionou, mas não conseguiu o empate. Ricardinho fez três bons lances em 15 minutos. No melhor deles, acertou a trave. Aos 16, porém, André Cunha fez falta desnecessária no meio-campo e foi expulso. Com dez de cada lado, o América reequilibrou e, em seguida, voltou a dominar. Conformado com a derrota, o Palmeiras relaxou de novo na marcação e deu espaço nos minutos finais. Aos 35, Lairson fez o terceiro e, aos 41, Johnson completou a goleada do América.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.