América-MG bate Avaí no sufoco e segue vivo por acesso

Depois de sete jogos, o América-MG voltou a vencer no estádio Independência, em Belo Horizonte. A vitória aconteceu nesta sexta-feira contra o Avaí por 1 a 0, pela abertura da 25.ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. O gol salvador foi marcado pelo atacante Alessandro, aos 21 minutos do primeiro tempo.

AE, Agência Estado

15 de setembro de 2012 | 00h06

O resultado recoloca os mineiros na briga pelo acesso, já que chega aos 40 pontos, em sétimo. E reabilitado da goleada sofrida em casa, na rodada anterior, quando apanhou de 5 a 2 para o São Caetano. O Avaí, por sua vez, fica em nono, com 37.

O Avaí começou o jogo melhor e criou diversas chances até os 20 minutos, mas nenhuma delas conseguiu furar a barreira do goleiro Neneca. Melhor para os mineiros, que na primeira vez que chegaram conseguiram fazer o gol. Boiadeiro foi até a linha de fundo e cruzou na medida para Alessandro, que antecipou a defesa e testou para o fundo das redes.

No segundo tempo, o Avaí dominou os 45 minutos e pressionou de todos os lados buscando o gol de empate. Aos 37, Diogo Acosta recebeu na área e bateu cruzado, meio sem ângulo, o chute ficou nas mãos de Neneca, que fez uma boa defesa. Aos 43, após cruzamento, Bruno Silva subiu mais que todo mundo e testou rente a trave de Neneca, que só acompanhou com os olhos. Aos 45, o atacante Ewerthon foi expulso, ele levou os dois cartões por duas simulações.

O América-MG volta a campo na próxima terça contra o Bragantino, em Bragança Paulista (SP), às 21 horas, enquanto que o Avaí joga na sexta, às 19h30, contra o Guaratinguetá, em Florianópolis.

FICHA TÉCNICA

AMÉRICA-MG 1 x 0 AVAÍ

AMÉRICA-MG - Neneca; Boiadero, Gabriel Santos, Everton Luiz e Bryan; Agenor, Marquinhos Paraná, Leandro Ferreira e Geovanni (Gilberto); Alessandro e Fábio Junior (Ewerthon). Técnico: Mauro Fernandes.

AVAÍ - Marcelo Moretto; Arlan, Renato Santos (Cássio), Rafael e Pirão; Bruno Silva, Rodrigo Thiesen (Wagner Diniz), Camilo (Nunes) e Cléber Santana; Ricardo Jesus e Diogo Acosta. Técnico: Hemerson Maia.

GOL - Alessandro, aos 21 minutos do primeiro tempo.

CARTÕES AMARELOS - Bryan e Alessandro (América-MG); Pirão (Avaí).

CARTÃO VERMELHO - Ewerthon (América-MG).

ÁRBITRO - Wagner do Nascimento Magalhães (RJ).

RENDA - R$ 11.250,00.

PÚBLICO - 604 pagantes.

LOCAL - Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.