Divulgação
Divulgação

América-MG bate Joinville por 3 a 1 e se isola na liderança da Série B

Partida desta terça-feira no Mineirão foi acompanhada por 19.562 pagantes

AE, Agência Estado

20 de maio de 2014 | 21h38

BELO HORIZONTE - No duelo dos melhores times do Campeonato Brasileiro da Série B, o América-MG levou a melhor sobre o Joinville, ganhando por 3 a 1, nesta terça-feira, no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte, pela sexta rodada. O time mineiro se isolou na liderança, com 16 pontos, seguido pelo próprio rival catarinense, que tem 13.

Perto de 20 mil torcedores - 19.562 pagantes - foram ao Mineirão, no maior público até agora da Série B. Superou Luverdense 2 x 1 Vasco, pela segunda rodada, com 17.800 pagantes na Arena Pantanal, em Cuiabá. A diretoria fez uma promoção de ingressos, a R$ 10 o bilhete, mas não esperava tanto pelo retorno da torcida. Houve tumulto para a entrada, principalmente pela demora na revista e muitos torcedores entraram no estádio no intervalo. Outros foram para casa, sem ingressos.

Mesmo não podendo contar com dois jogadores importantes, o volante Andrei Girotto e o meia Ricardinho, o técnico Moacir Júnior armou o América-MG de uma forma corajosa, praticamente com um volante: Leandro Guerreiro. Sinal de que buscaria o gol e a vitória. E foi o que aconteceu aos 15 minutos, quando Henrique lançou Mancini pelo lado direito e o cruzamento saiu perfeito. No meio da defesa, Obina subiu bem de cabeça e fez 1 a 0. Depois disso, o jogo ficou morno, com domínio do time mineiro.

No segundo tempo, o Joinville voltou mudado com a saída do lateral-esquerdo Bruno Costa e a entrada de Cristian. O time catarinense também adiantou a marcação e chegou ao empate aos sete minutos. Após o cruzamento do lado direito, Jael subiu na segunda trave e tocou de cabeça.

Mas o América-MG retomou as ações rapidamente. Tanto que marcou o segundo gol aos 18 minutos. Henrique cruzou, Obina ajeitou de cabeça e Mancini, na pequena área, completou com o pé direito. O Joinville ainda buscou o empate. Quase conseguiu aos 33, quando Harrison arriscou de longe e Matheus tirou no alto por cima do travessão.

Aos 39 minutos, o América-MG confirmou a vitória com o zagueiro Vitor Hugo. Após escanteio cobrado por Mancini, o zagueiro subiu e testou no canto. O goleiro Ivan ainda tocou na bola, mas não impediu o gol.

O América-MG, nesta sexta, às 19h30, vai enfrentar o Santa Cruz, no Recife. Já o Joinville vai atuar em casa contra o Vasco, no sábado, às 16h20.

FICHA TÉCNICA

AMÉRICA-MG 3 x 1 JOINVILLE

AMÉRICA-MG - Matheus; Elsinho (Thiago Santos), André, Vitor Hugo e Gilson; Leandro Guerreiro, Pablo, Willians (Dinei) e Mancini; Henrique e Obina (Junior Negão). Técnico: Moacir Junior.

JOINVILLE - Ivan; Murilo, Bruno Aguiar, Rafael e Bruno Costa (Cristian); Franco (Harrison), Washington, Tartá (Hugo) e Marcelo Costa; Jael e Edigar Júnio. Técnico: Hemerson Maria.

GOLS - Obina, aos 15 minutos do primeiro tempo; Jael, aos 7, Mancini, aos 18, e Vitor Hugo, aos 39 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Willians e Pablo (América-MG); Franco e Washington (Joinville).

ÁRBITRO - Rodrigo Batista Raposo (DF).

RENDA - R$ 196.262,00.

PÚBLICO - 19.568 pagantes.

LOCAL - Estádio do Mineirão, em Belo Horizonte (MG).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSérie BAmérica-MGJoinville

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.