Mourão Panda/América
Mourão Panda/América

América-MG e Operário-PR fazem jogo amarrado e empatam sem gols no Independência

Time mineiro chega a oito jogos de invencibilidade na competição e aparece na 13ª colocação

Redação, Estadão Conteúdo

31 de agosto de 2019 | 21h59

América-MG e Operário-PR fecharam a 20.ª rodada, que abriu o returno do Campeonato Brasileiro da Série B, com um empate por 0 a 0, neste sábado, no estádio Independência, em Belo Horizonte. Em recuperação, agora com oito jogos invicto, o time mineiro, que vinha de três vitórias em casa, aparece na 13.ª posição com 25 pontos. Do outro lado, o clube paranaense segue perto do G4 - a zona de classificação - com 29 em oitavo.

No primeiro tempo, o Operário-PR surpreendeu com uma eficiente marcação e chegando bem em condições de finalizar com perigo. Tanto que o goleiro Jori, do time mineiro, fez boas defesas e evitou que o placar fosse aberto. De outro lado, o América-MG errava muitos passes e não conseguia sair da marcação paranaense. Apesar de ambos utilizaram ao mesmo esquema tático (4-3-3), o visitante jogou melhor.

No segundo tempo, o América-MG avançou a marcação. Mas manteve a mesma dificuldade na troca de passe, não chegando com perigo ao goleiro adversário. Neto Berola entrou no lugar do meia Diego Ferreira, dando a impressão de que o time mineiro fosse melhor. Puro engano. O empate parecia agradar os dois técnicos, que demoraram demais para promover trocas nas equipes.

Na 21.ª rodada, o América-MG vai enfrentar o Botafogo-SP no próximo sábado, às 11 horas, no estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto (SP). No mesmo dia, a partir das 16h30, o Operário-PR vai receber o Cuiabá, em Ponta Grossa (PR).

FICHA TÉCNICA:

AMÉRICA-MG 0 x 0 OPERÁRIO-PR

AMÉRICA-MG - Jori; Leandro Silva, Paulão, Ricardo Silva e João Paulo; Zé Ricardo, Juninho e Diego Ferreira (Neto Berola); Marcelo Toscano (Willian Maranhão), Felipe Azevedo (França) e Júnior Viçosa. Técnico: Felipe Conceição.

OPERÁRIO-PR - Rodrigo Viana; Maílton, Alisson, Rodrigo e Allan Vieira; Jardel, Índio e Marcelo (Rafael Chorão); Cleyton, Felipe Augusto (Schumacher) e Lucas Batatinha (Cléo Silva). Técnico: Gerson Gusmão.

CARTÕES AMARELOS - Ricardo Silva, Leandro Silva e Marcelo Toscano (América-MG); Maílton, Lucas Batatinha e Allan Vieira (Operário-PR).

ÁRBITRO - Antônio Dib Moraes de Sousa (PI).

RENDA - R$ 16.314,00.

PÚBLICO - 3.142 torcedores.

LOCAL - Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG).

Notícias relacionadas

    Encontrou algum erro? Entre em contato

    Tendências:

    O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.