Mouro Panda/América-MG
Mouro Panda/América-MG

América-MG empata com o Oeste, consegue deixar a lanterna, mas a crise continua

Com o resultado, a equipe mineira conseguiu ficar na penúltima colocação

Redação, O Estado de S.Paulo

24 de julho de 2019 | 00h29

O América-MG conseguiu sair da lanterna da Série B do Campeonato Brasileiro, mas o cenário não melhorou tanto. A pequena ascensão na tabela veio na noite desta terça-feira, após um empate sem gols com o Oeste, no Independência, em jogo válido pela 11.ª rodada.

Com o resultado, a equipe americana chega aos sete pontos e subiu para a 19ª posição, ultrapassando o Guarani, que perdeu por 1 a 0 para o Cuiabá e estacionou nos seis pontos. O Oeste também subiu discretamente na tabela, agora em 14.º lugar, com 13 pontos.

Leia Também

Tabela da Série B

O primeiro tempo foi de domínio do América, que conseguiu criar jogadas de perigo desde os minutos iniciais da partida. Diante da postura ofensiva do adversário, o Oeste teve bastante dificuldade em ficar com a bola nos pés e apostou em uma linha de marcação mais avançada no intuito de mudar o panorama, porém sem sucesso.

Depois da primeira metade da etapa inicial, os americanos diminuíram o ritmo, o que não significa que o lado paulista tenha aumentado. A primeira finalização perigosa da equipe visitante saiu aos 34 minutos, em lance no qual Jori se esticou para defender chute de Bruno Lopes.

No segundo tempo, as ações foram equilibradas, ainda que o jogo não tenha sido tão movimentado. Enquanto o Oeste sofria bastante na hora do último passe ou mesmo da finalização, o time mineiro fazia melhor proveito da posse de bola no campo de ataque, mas não o suficiente para pressionar e tirar o zero do placar.

O Oeste volta a campo no próximo sábado, quando receberá o Londrina, a partir das 16h30. O América joga um dia antes na sexta-feira, em duelo contra o Atlético-GO, mais uma vez no Independência, às 19h15.

FICHA TÉCNICA

AMÉRICA-MG 0 X 0 OESTE

AMÉRICA-MG - Jori; Leandro Silva, Paulão, Ricardo Silva e João Paulo (Sávio); Zé Ricardo, Juninho e Willian Maranhão; Matheusinho (Neto Berola), Felipe Azevedo e Jonatas Belusso (França). Técnico: Felipe Conceição.

OESTE - Glauco; Cicinho, Cléber Reis, Caetano e Conrado; Bonilha, Thiaguinho, Elvis (Matheus Oliveira), Bruno Lopes e Mazinho (Fábio); Bruno Paraíba (Roberto). Técnico: Renan Freitas.


ÁRBITRO - Vinícius Gomes do Amaral (RS).

CARTÃO AMARELO - Bonilha (Oeste).

RENDA - R$ 5.130,00.

PÚBLICO - 1.085 pagantes.

LOCAL - Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.