Divulgação
Divulgação

América-MG empata em Criciúma e assume o 2º lugar da Série B

Clube mineiro busca o 2 a 2 e soma 17 pontos, atrás só do Botafogo

Estadão Conteúdo

23 de junho de 2015 | 21h49

Na estreia do técnico Petkovic no Estádio Heriberto Hülse, o Criciúma ficou apenas no empate, por 2 a 2, diante do América-MG, em partida disputada na noite desta terça-feira, pela abertura da nona rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O resultado acabou sendo bom para o clube mineiro, que assumiu a vice-liderança de forma provisória, com 17 pontos - ainda nesta noite de terça, Paysandu e Vitória, que estão empatados com 16 pontos, se enfrentam a partir das 21h50, no Mangueirão, em Belém, e podem ultrapassar a equipe de Belo Horizonte.

O empate fez o América ir para o seu terceiro jogo sem derrotas, ficando assim a três pontos do líder Botafogo, que tem um jogo a menos. O Criciúma, por sua vez, fica apenas na 13.ª posição, com dez pontos.

Sob o comando do técnico Petkovic, o Criciúma passou a ter características mais ofensivas. No primeiro tempo buscou o gol a todo momento. Porém, enquanto Neto Baiano era parado pelo goleiro João Ricardo, Felipe Amorim abria o marcador para o visitante.

Aos 19 minutos, o atacante aproveitou o rebote da defesa adversária e chutou fraco. A bola desviou no zagueiro Fábio Ferreira e enganou Luiz, que não conseguiu chegar a tempo para fazer a defesa.

Após o gol, o América esboçou uma pressão para liquidar a fatura. O Criciúma demorou para se restabelecer, mas quando o fez deixou tudo igual. Aos 38 minutos, Paulo Sérgio fez o lançamento pela esquerda, a defesa furou e a bola parou nos pés de Neto Baiano, que mandou para as redes. A virada aconteceu no minuto final. Rodrigo Andrade cobrou escanteio na cabeça de Fábio Ferreira, que só desviou, sem chances para João Ricardo.

Apesar do gol sofrido na reta final da primeira etapa, o América voltou para o segundo tempo ciente da necessidade de buscar o empate o quanto antes. Aos seis minutos, Felipe Amorim fez lançamento milimétrico para Cristiano. O atacante cabeceou para o fundo das redes, deixando tudo igual.

O América se empolgou e por pouco não fez o terceiro gol na sequência. Cristiano apareceu livre de marcação e chutou na trave. Logo depois, Marcelo Toscano passou por Wanderson e chutou, rente à trave. O Criciúma se fechou e acabou segurando o empate.

Na próxima rodada, o Criciúma enfrenta o Paraná no dia 3 de julho, às 19h30, no Durival de Brito, em Curitiba. Já o América-MG pega o Mogi Mirim no dia 4 de julho, às 21 horas, na Arena Independência, em Belo Horizonte.

FICHA TÉCNICA

CRICIÚMA 2 X 2 AMÉRICA-MG

CRICIÚMA - Luiz; Arnaldo, Wanderson, Fábio Ferreira, Guilherme Santos; Wellington, Marcão e Rodrigo Andrade (Tiago Adan); Neto Baiano, Lucca (Silvinho) e Paulo Sérgio (Juba). Técnico - Petkovic.

AMÉRICA-MG - João Ricardo; Robertinho, Alison, Anderson Conceição e Bryan (Raul); Thiago Santos, Leandro Guerreiro e Mancini; Felipe Amorim (André); Marcelo Toscano e Cristiano (Tony). Técnico - Givanildo de Oliveira.

GOLS - Felipe Amorim, aos 19, Neto Baiano, aos 38, e Fábio Ferreira, aos 45 minutos do primeiro tempo; Cristiano, aos seis minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Francisco de Paula dos Santos Silva Neto (RS).

CARTÕES AMARELOS - Rodrigo, Juba e Wanderson (Criciúma); Raul e Thiago Santos (América-MG).

PÚBLICO - 4.603 torcedores.

RENDA - Não disponível.

LOCAL - Estádio Heriberto Hülse, em Criciúma (SC).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSérie BCriciúmaAmérica-MG

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.