América-MG sofre com os desfalques diante do Santos

Além de enfrentar o atual campeão da Libertadores, do jovem astro Neymar, o América-MG tem uma série de desfalques que torna o jogo contra o Santos ainda mais difícil. Mas o time mineiro precisa desesperadamente da vitória nesta quarta-feira, a partir das 20h30, no Parque do Sabiá, em Uberlândia (MG), na sua luta para deixar a lanterna do Brasileirão.

ALINE RESKALLA, Agência Estado

21 de setembro de 2011 | 07h03

O América-MG está com apenas 19 pontos e não deixa a lanterna nem em caso de vitória nesta quarta-feira - o penúltimo colocado é o Avaí, que tem 22 pontos e leva vantagem nos critérios de desempate. Para completar, o time mineiro ficou sem três titulares após o empate com o Cruzeiro no último domingo: Otávio e Amaral estão suspensos, enquanto Dudu sofreu lesão.

Além disso, Willian Rocha, Gabriel e Alessandro seguem no departamento médico, sem condições de voltar ao time nesta quarta-feira. Assim, o técnico Givanildo Oliveira tem problemas para escalar o América-MG, o que faz com que ele adote a tática do mistério. Sua maior preocupação é mesmo com o sistema defensivo, principalmente diante do forte ataque do Santos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.