América-MG tenta se acertar na defesa para clássico

O América-MG não se deixa abater com a lanterna do Campeonato Brasileiro e espera vencer o Cruzeiro no clássico mineiro deste domingo, às 18 horas, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas (MG), pela 24.ª rodada. Para o jogo, o técnico Givanildo Oliveira tenta reforçar a defesa, segundo ele o calcanhar de Aquiles do time. "O problema nosso é lá atrás. Isso está se tornando repetitivo, mas é uma verdade. O algo mais que precisamos com urgência é ter uma marcação melhor", afirmou o treinador.

AE, Agência Estado

18 de setembro de 2011 | 06h56

Ele pediu ao time que esqueça os resultados ruins e repita as boas atuações contra o rival mineiro neste domingo. No treino de sexta-feira, o zagueiro Preto pulou para cabecear uma bola e caiu de mau jeito. Com a pancada, o jogador deixou o treino, mas já foi examinado e não vai desfalcar o América no clássico.

Escolhido pelo treinador para marcar o atacante cruzeirense Montillo, o ala Gilson disse que, se quiser vencer, o América tem que marcar todos os jogadores. "Não podemos dar espaço no campo".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.