Mourão Panda/América-MG
Mourão Panda/América-MG

América-MG derrota Bahia e segue vivo na briga contra o rebaixamento

Triunfo deixou equipe mineira na 17ª colocação com 40 pontos, um a menos que a Chapecoense, primeiro time fora da degola

Estadão Conteúdo

25 de novembro de 2018 | 21h22

O América Mineiro, graças ao gol de Juninho aos dois minutos do segundo tempo, venceu o Bahia por 1 a 0, neste domingo, no Independência, em Belo Horizonte, e segue vivo na briga contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro. A partida foi válida pela 37.ª e penúltima rodada.

O triunfo em casa deixou o América no 17.º lugar com 40 pontos, um a menos do que a Chapecoense, primeiro rival fora da zona do descenso. E se vencer o Fluminense na última rodada, no Rio, vai escapar do rebaixamento. O Bahia, por sua vez, entrou na rodada classificado à Sul-Americana. O time aparece na 11ª posição com 47 pontos.

Os dois times mostraram muita vontade no começo do jogo, mas a primeira boa chance surgiu só aos 17 minutos. Bruno fez boa jogada e cruzou na medida para Zé Rafael. Dentro da grande área, o jogador do Bahia bateu firme, mas mandou para fora. A resposta do América-MG veio aos 25 minutos. Rafael Moura bateu cruzado, mas Douglas defendeu firme.

Oito minutos depois, o América voltou a assustar com Marquinhos, mas a bola ficou na rede pelo lado de fora. Aos 35 minutos, alguns refletores do Independência apagaram, mas o árbitro mandou seguir após aprovação dos dois goleiros. A última chance da primeira etapa foi com Clayton, aos 45 minutos. O atacante cabeceou firme, mas João Ricardo fez grande defesa.

No segundo tempo, o América voltou com tudo e marcou logo aos dois minutos com Juninho. Ele recebeu belo passe de Rafael Moura e desviou para abrir o marcador. Apesar do gol no início, América e Bahia pouco fizeram. A partida ganhou emoção só aos 28 minutos com França que cortou a defesa e bateu firme, mas a bola saiu. No minuto seguinte, Elton quase empatou para o Bahia, mas a bola acertou o travessão.

No final da partida, aos 39 minutos, Matheusinho recebeu boa bola, mas chutou por cima do gol. Um minuto depois, o Bahia respondeu com Elton, mas João Ricardo faz grande defesa. Aos 41, Tiago, que já tinha amarelo, recebeu outro e foi expulso, deixando o Bahia com um a menos até o final da partida.

O América-MG encerrará sua participação no Brasileirão no próximo domingo, às 17 horas, contra o Fluminense. Se vencer, escapa da Série B. No mesmo dia e horário, o Bahia pegará o Cruzeiro na Fonte Nova, em Salvador, com ambos apenas cumprindo tabela.

FICHA TÉCNICA

AMÉRICA-MG 1 X 0 BAHIA

AMÉRICA-MG - João Ricardo; Norberto (Aderlan), Messias, Matheus Ferraz e Carlinhos; Zé Ricardo, Juninho e Matheusinho (Paulão); Luan, Marquinhos (França) e Rafael Moura. Técnico: Givanildo de Oliveira.

BAHIA - Douglas Friedrich; Bruno, Lucas Fonseca, Tiago e Léo; Elton, Gregore, Ramires (Vinícius) e Zé Rafael; Clayton (Gilberto) e Edigar Junio (Júnior Brumado). Técnico: Enderson Moreira.

GOL - Juninho, aos 2 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza (SP).

CARTÕES AMARELOS - Norberto, João Ricardo (América-MG); Gregore (Bahia).

CARTÃO VERMELHO - Tiago (Bahia).

RENDA - R$ 19.635.00.

PÚBLICO - 4.398 pagantes.

LOCAL - Independência, em Belo Horizonte (MG).

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.