América-MG vence o Oeste e recupera terceira colocação da Série B do Brasileiro

O Bahia ficou três dias na terceira colocação, tempo suficiente para o América-MG derrotar o Oeste por 2 a 1 e reassumir a posição, se firmando ainda mais no G4 - a zona de acesso. A partida contra o clube paulista aconteceu nesta sexta-feira, no estádio Independência, em Belo Horizonte, pela 32.ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

Estadão Conteúdo

23 de outubro de 2015 | 23h17

Com o resultado, o América-MG se recupera da derrota para o ABC e sobe para os 54 pontos, cinco a menos do que o líder Botafogo, que entra em campo neste sábado. Primeiro fora do G4, o Paysandu, também com um jogo a menos, tem 49.

O Oeste, por sua vez, ainda corre risco de rebaixamento. O clube paulista, com o triunfo do Macaé diante do Mogi Mirim, caiu para a 16.ª posição, com 38 pontos, a nove do Ceará, primeiro do descenso. O time paulista foi ultrapassado pelo Macaé pelo saldo de gols: -3 a -5.

A marca registrada do Oeste sob o comando do técnico Renan Freitas é uma marcação mais pesada, com todos os jogadores atrás da linha do meio de campo. O América-MG demorou para conseguir escapar e só foi chegar com perigo nos minutos finais do primeiro tempo. A equipe de Itápolis (SP) praticamente abdicou do ataque e estava satisfeita com o resultado.

Na segunda etapa, o técnico Givanildo Oliveira optou por uma tática mais ousada. Tirou o zagueiro Alison e colocou o atacante Felipe Amorim. O América-MG voltou pressionando e não demorou para abrir o marcador. Logo aos dois minutos, Tony, ex-XV de Piracicaba, fez um lançamento espetacular para Bryan. O lateral só colocou a bola dentro da área para Richarlison chegar chutando e estufar as redes.

Após o gol, o jogo ficou ainda mais aberto. Os dois times criaram chances de gol. A partida ganhou em emoção nos minutos finais. Aos 44, Ligger derrubou Marcelo Toscano dentro da área e foi expulso. Na cobrança de pênalti, Bryan aumentou. A resposta saiu na sequência. Aos 46, Rafael Martins apareceu na cara de Fernando Leal, que substituiu João Ricardo, e mandou para as redes. Não dava tempo para mais nada.

Na próxima rodada, a 33.ª, o América-MG enfrenta o Boa nesta terça-feira, às 19 horas, no estádio Dilzon Melo, em Varginha (MG). No mesmo dia, às 21 horas, o Oeste recebe o Luverdense, no estádio Prefeito José Liberatti, em Osasco (SP), em busca da reabilitação.

FICHA TÉCNICA

AMÉRICA-MG 2 x 1 OESTE

AMÉRICA-MG - João Ricardo (Fernando Leal); Anderson Conceição, Alison (Felipe Amorim) e Wesley Matos; Walber, Rodrigo Souza, Tony e Bryan; Mancini (Sávio), Marcelo Toscano e Richarlison. Técnico: Givanildo de Oliveira.

OESTE - Leandro Santos; Paulo Henrique (Rafael Miranda), Daniel Gigante, Ligger e Fernandinho; Guilherme Amorim, Betinho (Patrik Silva), Renan Mota e Mazinho; Kahê (Rodriguinho) e Waguininho. Técnico: Renan Freitas.

GOLS - Richarlison, aos 2, Bryan (pênalti), aos 44, e Rafael Martins, aos 46 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Walber, Wesley Matos, Tony e Rodrigo Souza (América-MG); Paulo Henrique, Waguininho e Betinho (Oeste).

CARTÃO VERMELHO - Ligger (Oeste).

ÁRBITRO - Alinor Silva da Paixão (MT).

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio Independência, Belo Horizonte (MG).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSérie BAmérica-MGOeste

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.