América pede compensação por erro de juiz

Após a eliminação no Campeonato Paulista por um erro da arbitragem na partida contra a Portuguesa, o América, de São José do Rio Preto, espera agora que a Federação Paulista de Futebol (FPF) o recompense com a inclusão no Campeonato Brasileiro da Série C, que este ano será limitado a 40 clubes.Nesta quarta-feira, o presidente do clube, Joacy Antônio Lopes, enviou um documento de protesto à FPF. A esperança do clube em disputar a Série C do Brasileiro se dá ao fato da Confederação Brasileira Futebol (CBF) ainda não ter definido os critérios de inclusão no campeonato.A revolta do América é com o árbitro Romildo Corrêia. Na partida com a Portuguesa, na última rodada da primeira fase do Campeonato Paulista, o árbitro assinalou um pênalti inexistente aos 46 minutos do segundo tempo. Com o empate por 2 a 2, o América ficou fora das quartas-de-final da competição. O clube calcula ter perdido, pelo menos, R$ 400 mil por ficar fora da próxima fase, quando enfrentaria o Paulista de Jundiaí.

Agencia Estado,

17 de março de 2004 | 18h48

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.