América recontrata técnico demitido

O técnico Lula Pereira, que no sábado havia sido dispensado oficialmente pela diretoria do América Mineiro, em razão de discordâncias quanto a um acerto financeiro, reuniu-se novamente com dirigentes do clube, na manhã deste domingo e acertou sua permanência no clube até dezembro. Segundo o diretor Angelo Pimentel, o mesmo que anunciou a saída de Lula, houve consenso no novo encontro, com as duas partes cedendo em alguns pontos. Campeão estadual com o América, depois de pegar o time na vice-lanterna da competição, Lula havia concordado com o valor do salário oferecido pelos americanos para segurá-lo na disputa do Campeonato Brasileiro. O problema era em relação ao que ele tinha a receber. O treinador queria a quantia paga em duas vezes, a primeira imediatamente, enquanto o clube sustentava que só podia quitar a dívida parceladamente. "Felizmente, conseguimos um acordo", disse Pimentel.Lula seguiu neste domingo, depois de acertar sua situação com a equipe mineira, para São Paulo, onde participaria de um programa de TV. Nesta segunda-feira, no entanto, embarca para Itaúna, cidade próxima a Belo Horizonte, onde o América faz a pré-temporada visando a disputa do campeonato nacional. O técnico se disse aliviado com o fim do ímpasse e satisfeito com declarações dos dirigentes americanos, segundo as quais reforços indicados por ele deverão ser contratados para tornar o time ainda mais competitivo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.