América-RN derrota ABC, e entra no G-4 da Série B

O América-RN foi o maior beneficiado no encerramento da sétima rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. O time venceu o ABC, por 1 a 0, no Clássico Rei, disputado no Estádio Machadão, em Natal, e deu um salto de dez posições na tabela.

AE, Agencia Estado

20 de junho de 2009 | 23h18

Com o resultado, passou de ameaçado pelo rebaixamento a time na zona do acesso, no G-4. O América chegou aos 12 pontos e assumiu a 4ª colocação. Antes de entrar em campo, a equipe aparecia na 14ª posição. Já o ABC ocupa a 17ª colocação, com seis pontos, dentro da zona de rebaixamento para a Série C.

O primeiro tempo do clássico potiguar não teve gols, mas não faltaram fortes emoções. O futebol apresentado pelos times ficou abaixo do esperado, mas lances chamaram a atenção. Pelo lado do ABC, o atacante Ivan simulou uma penalidade, mas o árbitro Leandro Vuaden não marcou.

Na sequência, o jogador agrediu o volante Ricardo Oliveira com um chute fora da disputa de bola e foi para o vestiário mais cedo. Pelo lado do América, o lateral Luciano Amaral recebeu vermelho após parar uma jogada de contra-ataque. Na saída para o intervalo, o técnico Arturzinho, do ABC, comentou sobre a arbitragem de Vuaden.

Com dois jogadores a menos em campo, Sandro Hiroshi encontrou espaços e abriu o placar. Aos cinco minutos, Lúcio fez ótima jogada pela direita, passou pelo zagueiro Gaúcho e invadiu a área. Perto da linha de fundo, ele tocou para o meio da grande área. Hiroshi apareceu livre e tocou na saída de Paulo Musse.

Após o gol, o time americano administrou o placar e passou a jogar em contra-ataque. O ABC ainda teve alguns lances de perigo para empatar, mas não foi bem sucedido.

Pela oitava rodada, o América-RN volta a campo na terça-feira, às 21 horas, quando encara a Ponte Preta, no Machadão, em Natal. O ABC joga no sábado, às 21 horas, diante do Atlético-GO, no Serra Dourada, em Goiânia.

Ficha Técnica:

América-RN 1 x 0 ABC

América-RN - Rodolfo; Thoni, Marcelo Ramos (Plínio), Edson Rocha e Luciano Amaral; Ricardo Oliveira (Alexandre Messiano), Jackson, Everton e Guaru (Helinho); Lúcio e Sandro Hiroshi. Técnico: Guilherme Macuglia.

ABC - Paulo Musse; Gaúcho (Rafael), Fabiano Silva e Leonardo; Chiquinho, Fausto, Erandir (Gabriel), Rodriguinho (Ricardinho) e Marco Aurélio; Ivan e João Paulo. Técnico: Arturzinho.

Gol - Sandro Hiroshi, aos 5 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos - Alexandre Messiano e Edson Rocha (América-RN).

Cartões vermelhos - Luciano Amaral (América-RN); Ivan (ABC).

Árbitro - Leandro Pedro Vuaden (Fifa/RS).

Renda - R$ 213.100,00.

Público - 14.685 pagantes.

Local - Estádio Machadão, em Natal (RN).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.