América-RN goleia no Maracanã e elimina o Flu na Copa do Brasil

Cariocas podiam perder por dois gols de diferença, venciam por 2 a 1 e tinham a vaga na mão até vira a pena geral da defesa e a queda

Sílvio Barsetti, O Estado de S. Paulo

14 de agosto de 2014 | 00h18

O Fluminense foi surpreendido e goleado por 5 a 2 pelo América-RN, na noite desta quarta-feira, no Maracanã, e acabou eliminado da Copa do Brasil, num jogo histórico para o time potiguar, cujos atletas deixaram o gramado chorando. A equipe carioca entrou em campo com ampla vantagem, depois de ter vencido o adversário por 3 a 0 na semana passada, em Natal.

Deu a impressão logo no primeiro minuto que venceria com facilidade o visitante: criou duas chances reais de gol, desperdiçadas diante do goleiro Fernando Henrique. O primeiro gol do jogo de número 200 de Fred foi, porém, marcado pelo América, num chute bonito de Marcelinho.

O Fluminense atuava em ritmo de treino e "acordou" após o gol do América. Fred marcou seu 123º gol com a camisa tricolor aproveitando passe de Cícero. Depois, o atacante sofreu um choque no joelho esquerdo e teve de ser substituído por Walter.

Antes do intervalo, Cícero virou o placar e acalmou a torcida no Maracanã por alguns minutos. Mas na segunda metade do jogo ocorreu o imprevisível. O América dominou totalmente o jogo. Empatou com Max e virou com Alfredo aos 30 minutos. O placar de 3 a 2 não era suficiente e o time visitante continuou pressionando os anfitriões.

Com falhas bisonhas de sua defesa, o Fluminense permitiu o quarto gol do América, aos 38, de autoria também de Alfredo. A torcida vaiava intensamente os cariocas, mas não esperava que uma falha de Jean permitisse o quinto e derradeiro gol do adversário, façanha que coube a Rodrigo Pimpão.

No final, os jogadores do América se abraçaram e choraram em campo, abraçados pelo técnico Oliveira Canindé. Os atletas do Fluminense correram rapidamente para o vestiário, evitando entrevistas.

Com a queda precoce na Copa do Brasil, o time carioca assegura automaticamente vaga na Copa Sul-Americana, no final do mês.

FICHA TÉCNICA: 

FLUMINENSE 2 x 5 AMÉRICA-RN

FLUMINENSE - Diego Cavalieri; Bruno, Elivelton, Fabrício e Carlinhos; Valencia, Jean, Cícero, Chiquinho e Rafael Sobis (Conca); e Fred (Walter). Técnico: Cristóvão Borges.

AMÉRICA-RN - Fernando Henrique; Marcelinho, Cléber, Lázaro e Paulo Henrique; Tiago Dutra (Val), Márcio Passos, Andrezinho, Jéferson (Rodrigo Pimpão) e Arthur; e Max (Alfredo). Técnico: Oliveira Canindé.

GOLS - Marcelinho, aos 17, Fred, aos 31, e Cícero, aos 37 minutos do primeiro tempo. Max, aos 4, Alfredo, aos 30 e aos 38, e Rodrigo Pimpão, aos 45 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Rodrigo D''Alonso Ferreira (SC).

RENDA - R$ 80.400,00.

PÚBLICO - 4.355 pagantes.

LOCAL - Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.