América vence, mas não consegue evitar rebaixamento no Rio

Time vai disputar a Segunda Divisão do torneio no no que vem pela primeira vez em seus 104 anos de existência

Bruno Lousada, O Estado de S. Paulo

05 de abril de 2008 | 18h30

De nada adiantou a vitória sobre o Friburguense, por 2 a 0, em Nova Friburgo, neste sábado. Com 104 anos de existência, o América viveu o dia mais triste de sua história: foi rebaixado pela primeira vez para a Segunda Divisão do Estadual do Rio. O Cardoso Moreira também caiu. Veja também: Boavista bate o Botafogo por 3 a 1 e se classifica à Série CO América pagou um preço muito alto por depender de outros resultados para permanecer na elite do futebol carioca. Para seu azar, o Mesquita venceu em casa o Duque de Caxias, por 4 a 2, e decretou a queda do time sete vezes campeão estadual. A torcida alvirrubra não agüenta mais tanto sofrimento. Longe da Primeira Divisão nacional desde 1986, o América jogará até abril um torneio entre times pequenos das três divisões do Rio e que dá ao campeão o direito de disputar a Copa do Brasil em 2009. Mas se não vencer o torneio, o time só voltará a disputar jogos oficiais a partir de junho de 2009, quando inicia a Segunda Divisão do Rio. Triste realidade para um clube tão tradicional e querido até por torcedores de Flamengo, Vasco, Botafogo e Fluminense. TRAJETÓRIAEquipe do coração de Zagallo e Romário, o América já deu sinais de má gerência ao demitir dois treinadores em apenas quatro rodadas da Taça Guanabara - primeiro turno do Carioca. Depois, contratou e manteve Gaúcho no comando do time até o fim da competição, mas o estrago já estava feito. Neste sábado, o América até se superou. Venceu por 2 a 0, com gols de Bruno Carvalho e Fernandão, diante da presença do auxiliar-técnico da seleção brasileira, Jorginho, e de um bom número de torcedores que foram de caravana do Rio para Nova Friburgo. O esforço, no entanto, foi em vão. 

Tudo o que sabemos sobre:
Estadual do RioAmérica-RJ

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.