Americano mantém os "pés-no-chão"

Para o técnico do Americano, Rubens Filho, o título da Taça Guanabara não pode ser comemorado por antecipação pelo clube campista, apontado até mesmo pelo adversário, o Volta Redonda, como o favorito da disputa de domingo, no Maracanã. Ele quer concentração total na partida e não considera o trunfo anterior do Americano, a conquista da Taça Guanabara, em 2002, como vantagem. ?Meu clube tem chegado na fase final dos últimos campeonatos do Rio. Tem mais tradição que o Volta Redonda, mas isso não ganha jogo?, disse Rubens Filho. Ele já deixou clara a sua preocupação com o atacante Túlio, o destaque do Volta Redonda. ?Deixá-lo sem marcação pode ser fatal. Ele tem vocação de artilheiro e decide.?

Agencia Estado,

14 de fevereiro de 2005 | 18h58

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.