Amistosos agitam o sábado: Portugal vence, Trinidad perde

Sábado de muitos amistosos pelo mundo. Entre as seleções que se preparam para a Copa do Mundo, quem se deu bem foi Portugal, que venceu Cabo Verde por 4 a 1. Suíça e Costa do marfim ficaram no empate, 1 a 1, mostrando que o mundial vai ser mais equilibrado do que muitos afirmam. Porém, Trinidad e Tobago mostrou sua fragilidade ao perder por 2 a 1 para a seleção do País de Gales. Portugal teve um começo promissor, com um gol do artilheiro do Campeonato Francês, o atacante Pauleta, abrindo o marcador logo aos dois minutos de partida. Porém, aos 20 o time do técnico brasileiro Luís Felipe Scolari tomou um susto, quando Fernando Meira marcou contra, igualando o placar. Mas o gol do fraco adversário mostrou-se mesmo somente um susto, pois aos 37 o mesmo Pauleta deixou Portugal mais uma vez na frente do placar. No segundo tempo a equipe portuguesa só aumentou a vantagem, aos 19 minutos com o volante Petit e aos 39 mais uma vez com Pauleta, fechando o placar em 4 a 1. A seleção portuguesa está no grupo D da Copa do Mundo, com México, Irã e angola. Na Basiléia, Suíça, a seleção da casa não passou de um empate de 1 a 1 com a Costa do Marfim, seleção que está no grupo C da Copa, apelidado "grupo da morte", com Argentina, Holanda e Sérvia e Montenegro. Barnetta abriu o marcador para os suíços aos 32 minutos de jogo e Fae empatou para a seleção africana aos dois minutos da segunda etapa. A Suíça está no Grupo G da competição, junto com França, coréia do Sul e Togo. Já Trinidad e Tobago, que conseguiu sua vaga para o mundial em uma repescagem contra o Bahrein, mostrou sua fragilidade ao perder de virada para o País de Gales, em Cardiff. John marcou para Trinidad aos 33 do primeiro tempo, mas Earnshaw virou o placar com dois gols, um aos 38 minutos do primeiro tempo, e um já perto do final da partida, aos 42 minutos do segundo tempo. Trinidad e Tobago está no grupo B da Copa da Alemanha, que divide com Inglaterra, Paraguai e Suécia.

Agencia Estado,

27 Maio 2006 | 16h49

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.