Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Amoroso à caça de um clube na Europa

O atacante Amoroso está na Inglaterra desde segunda-feira fazendo contatos para decidir em que time vai jogar na próxima temporada - ele está livre desde o início de abril, quando teve rescindido o contrato que o ligava ao Borussia Dortmund até junho de 2005. Acompanhado do fisioterapeuta Nivaldo Baldo e do advogado Pedro Adib, ele estava ontem em Southampton e hoje estará em Londres. "O Amoroso não está se oferecendo para ninguém. Ele não precisa disso, porque tem muito nome na Europa. Estamos aqui para facilitar o contato de clubes e empresários interessados no Amoroso", contou Nivaldo Baldo ao JT. "E é bom esclarecer que não sou procurador dele."Amoroso já foi procurado por Fulham, Birmingham, Bolton e Middlesbrough, além dos escoceses Celtic e Glasgow Rangers. "O namoro do Rangers com o Amoroso é antigo", disse Baldo. "E ele não vai conversar com o Bolton enquanto o clube não encerrar a negociação com o Rivaldo."O jogador pretende ficar pelo menos mais uma semana na Inglaterra. Sua preferência é acertar com um clube do país, mas está aberto a jogar em outra liga européia. "O Amoroso só não pode jogar na Alemanha. Na rescisão com o Borussia ficou acertado que o clube receberá uma multa de 5 milhões de euros (US$ 6 milhões) caso ele jogue em algum time de lá até junho de 2005."Goleador - Amoroso não joga desde setembro por causa de uma lesão no joelho direito, mas Nivaldo Baldo - que cuidou de sua recuperação em Campinas - garante que ele já está inteiro."Ele já disputou umas partidas lá em Campinas e está aqui na Europa para mostrar que está recuperado. O Amoroso só tem 29 anos, ainda tem muito futebol pela frente."Em seu currículo, carrega o título de artilheiro em quatro campeonatos nacionais diferentes. Foi goleador no Brasil pelo Guarani, no Japão pelo Verdy Kawasaki, na Itália pela Udinese e na Alemanha pelo Borussia Dortmund. Ronaldinho jogou cinco anos na Inter e não conseguiu ser o artilheiro do Campeonato Italiano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.