Amoroso está à espera do Corinthians

Ganhar do Corinthians uma vez é bom. Duas vezes? É ótimo. Ganhar a terceira vez em um mesmo campeonato seria inesquecível. Esta é a motivação maior de Amoroso para o jogo que ainda não tem data marcada. ?Nossa torcida vibrou muito com aquele jogo. Foi sensacional. E aquilo não pode ser apagado. Nossa intenção é ganhar uma vez mais. Vai ser nosso presente para eles?, diz o atacante.Amoroso não acredita que o Corinthians estará mais motivado nesse jogo por estar com vantagem na luta pelo título. ?Jogador não precisa de motivo extra para ter motivação. Tem de estar com vontade sempre. E é um clássico, só isso já faz a gente entrar com adrenalina alta.?Com a realização de mais onze jogos, o Corinthians tem a chance de recuperar seis pontos. Amoroso reconhece ser uma vantagem grande, mas que pode trazer prejuízos, também. ?Eles estão tendo uma chance que ninguém tem, mas e se perderem de novo para nós e para o Santos? Acho que a coisa vai ficar feia pelo lado de lá...?O fato de haver ?perdido? os dois gols que marcou e ficar mais longe da luta pela artilharia, não é o principal motivo para que Amoroso lamente a decisão de Luiz Zveiter, presidente do STJD, de mandar refazer as onze partidas apitadas por Edílson Pereira Carvalho, o árbitro que se confessou ato de corrupção.?O pior foi o que aconteceu com o Jô. Ele correu, se esforçou pelo seu time acabou contundido. Valeu a pena fazer isso? A pior coisa desta decisão foi isso. O atleta corre, se esforça, o torcedor vibra e nada existe. Eles deveriam ter analisado todos os jogos e voltado apenas aqueles com evidências de fraude?, disse.Além do jogo contra o Corinthians, o São Paulo pega a Ponte Preta, dia 19 de outubro. ?Esse jogo pode dar um novo gás para a gente. Se ganharmos da Ponte, a gente recupera esse empate que teve contra o Botafogo. E a vitória contra o Corinthians vira um presente.?Time - Alex vai voltar ao time do São Paulo depois de 46 dias. Sua última participação durou apenas dez minutos. Foi o tempo que jogou antes de ser expulso na partida de encerramento do primeiro turno, que o São Paulo perderia por 4 a 2 para o Atlético-PR.E volta contra o Inter, um dos líderes, jogando nesta quarta no Beira-Rio. O que não o intimida. ?É um jogo bom para voltar. Um jogo que vale a pena, que dá mais incentivo. Quando fui expulso, peguei quatro jogos de suspensão e perdi espaço para o Edcarlos. Agora, quero aproveitar as chances e me recuperar.?Ele formará dupla com o próprio Edcarlos. Lugano foi liberado para a Seleção Uruguaia e Fabão ainda sente dores no calcanhar.

Agencia Estado,

03 de outubro de 2005 | 20h08

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.