Amoroso se desliga do Borussia

O atacante brasileiro Amoroso acertou nesta quarta-feira o cancelamento do contrato de trabalho que mantinha com o Borussia Dortmund, da Alemanha. O clube europeu cedeu à vontade do jogador após um acordo com o advogado Pedro Adib. "As duas partes não estão mais ligadas por deveres ou cláusulas contratuais", afirmou Adib, lembrando que um dos requisitos para a liberação do Certificado de Transferência Internacional, pelo Borussia, é que Amoroso não atue por nenhum clube alemão até o dia 1º julho de 2005. Amoroso segue realizando trabalho de fisioterapia intensa, em período integral, visando voltar muito em breve aos gramados. O atleta, inclusive, já recebeu propostas de diversos clubes europeus, dentre eles, da Udinese, primeiro clube que defendeu na Itália. Pierpaolo Marino, diretor geral do clube, declarou que espera o atacante de ?braços abertos?. O fato de ter nacionalidade ítalo-brasileira facilita sua aceitação na Europa, uma vez que não é considerado jogador extra-comunitário. O atacante não joga uma partida oficial há aproximadamente seis meses, desde que foi afastado por uma lesão no ligamento do joelho direito. Ele já havia sofrido com o mesmo problema no joelho esquerdo, quando ainda era jogador do Guarani.

Agencia Estado,

31 de março de 2004 | 19h13

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.