Amoroso se revolta contra treinador

O atacante Amoroso se transformou num problema para o técnico Matthias Sammer, do Borussia Dortmund. Artilheiro do time, o brasileiro ficou revoltado ao ser substituído no segundo tempo da partida contra o Cottbus, quando o Dortmund venceu por 3 a 0. Num primeiro momento, Amoroso ignorou o chamado do técnico, para a entrada do meio-campista Miroslav Stevic e só deixou o campo dois minutos depois da determinação do técnico. Antes de descer para os vestiários, Amoroso ainda discutiu asperamente com o técnico. ?Não sou responsável por determinado jogador, mas sim por todo o time?, respondeu Sammer.

Agencia Estado,

25 Março 2002 | 13h20

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.