Karim Jaafar/AFP
Karim Jaafar/AFP

Análise: Mundial foi ruim, mas a temporada do Palmeiras é muito boa

Quarto lugar no Catar não diminui em nada a espetacular conquista do bicampeonato da Libertadores

Glauco de Pierri*, O Estado de S.Paulo

12 de fevereiro de 2021 | 05h00

O torcedor do Palmeiras precisa entender duas coisas. A péssima atuação no Mundial de Clubes não diminui em nada a espetacular conquista do bicampeonato da Libertadores. Mas a vitória no torneio Sul-Americano não apaga a participação ruim do clube no torneio disputado em Doha. 

Por mais que qualquer rival tente tirar uma ‘casquinha’, o Palmeiras é, de longe, o time com maior sucesso no Brasil em 2020. O clube ainda tem duas finais importantes a disputar – Copa do Brasil e Recopa Sul-Americana. É hora de buscar a solidez de uma equipe que tem apenas três meses de trabalho com o treinador Abel Ferreira.

Não há desculpas para o fiasco no Mundial. Mas o Palmeiras pode se recuperar desse tombo da melhor forma possível: levantando mais taças.

*EDITOR-ASSISTENTE DE ESPORTES

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.