Ancelotti acha que Ronaldo ainda pode 'render bem' por 3 anos

Técnico do Milan acredita no potencial do atacante brasileiro, que deve retornar aos gramados em nove meses

Efe,

15 de fevereiro de 2008 | 15h57

O técnico do Milan, Carlo Ancelotti, acredita que o brasileiro Ronaldo, operado nesta quinta-feira em Paris de uma ruptura no tendão patelar do joelho esquerdo, pode voltar a jogar entre os "melhores do mundo" por dois ou três anos.  Veja também: De 'coração partido', Lula envia mensagem de apoio a Ronaldo Ex-jogadores acreditam na recuperação de Ronaldo CBF demite médico que acusa Ronaldo de usar anabolizantes A trajetória de Ronaldo no futebol Milan diz que espera Ronaldo, mas não fala de contrato Ronaldo conseguirá superar mais uma contusão? "Depende dele", diz Ancelotti. "Será preciso ainda mais determinação do que nas outras lesões. Ele tem de saber que pode voltar a jogar no máximo nível por 2 ou 3 anos. Se quiser muito, conseguirá." "Sinto muito pelo que ocorreu. Acho que ele ainda tem tempo de fazer coisas importantes", comenta o treinador italiano. Ancelotti negou qualquer responsabilidade por escalar o jogador supostamente fora de forma contra o Livorno, na quarta-feira - o atacante se machucou depois de jogar por apenas três minutos, quando tentou cabecear uma bola. "Se tivermos de fazer uma lista de todos os que não estavam nas melhores condições... Ronaldo estava claramente pronto para jogar, não tinha nenhum problema", afirma o italiano. O treinador não acha que a ausência de Ronaldo será tão sentida no restante da temporada, pois ele não vinha jogando. "Ronaldo teve uma contribuição importante na temporada passada, mas este ano não muda nada porque não pudemos contar com ele em nenhum momento", explica o técnico do Milan. Já Roberto Mancini, técnico da Inter de Milão, disse que Ronaldo deverá se dedicar muito para voltar aos gramados. "Espero voltar a vê-lo dentro de campo em breve", diz o atual treinador do ex-clube de Ronaldo. Claudio Ranieri, técnico da Juventus, exaltou a importância de Ronaldo: "Quem ama o futebol, não importa para que time torça, sentirá falta dele. Quem ama o futebol ama os campeões, e Ronaldo é um deles", diz. Em entrevista ao canal de televisão Itália 1, o meia-atacante Ronaldinho Gaúcho expressou seu desejo de que Ronaldo se recupere em breve. "Estamos com ele e esperamos que tudo vá bem", afirma o jogador do Barcelona.

Tudo o que sabemos sobre:
AC MilanRonaldoCarlo Ancelotti

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.