Ancelotti diz que Chelsea é dependente de Drogba

O técnico Carlo Ancelotti admitiu nesta segunda-feira que o Chelsea é dependente da qualidade e dos gols do atacante Didier Drogba. Por isso, o treinador italiano decidiu utilizá-lo nas últimas partidas da equipe inglesa, mesmo com o jogador marfinense estando longe das condições ideais.

AE, Agência Estado

20 de dezembro de 2010 | 11h56

"Eu entendo que ele não esteja em uma boa condição. Ele tinha dificuldade para jogar por causa da malária, estava cansado, ele não estava 100% e foi difícil treinar. Eu coloquei ele no últimos jogos, embora ele não esteja 100% porque nós precisamos de seu caráter e sua personalidade", afirmou, ao site oficial do clube.

Satisfeito com Drogba, Ancelotti lembrou que o atacante marcou um gol no empate por 1 a 1 com o Tottenham. "Agora, sua condição é melhor. Ele teve uma boa reação depois de entrar como substituto no jogo passado, esta é a coisa mais importante e na sequência do gol contra o Tottenham, ele vai nos mostrar um Drogba diferente no próximo jogo", disse.

Ancelotti lamentou que o Chelsea tenha sofrido nesta temporada com lesões de jogadores importantes, como John Terry e Frank Lampard. "Era difícil colocar um monte de jogadores jovens em um momento difícil, pois poderia ser perigoso para eles e para o clube. Não é o momento certo para colocar pressão sobre os jovens jogadores quando as coisas não são boas", comentou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.