Juan Medina / Reuters
Juan Medina / Reuters

Ancelotti diz que mudou a forma como pensa futebol depois de treinar Zidane

Técnico italiano afirma que havia recusado contratar Baggio anteriormente pelo meia não se encaixar em seu esquema tático

Redação, Estadão Conteúdo

19 de janeiro de 2019 | 14h48

Atual treinador do Napoli, Carlo Ancelotti relatou que mudou a concepção que tinha sobre o futebol depois de comandar o meia Zinedine Zidane na Juventus, entre 1999 e 2001. Apesar da passagem sem título relevante pelo clube de Turim, o técnico explicou que se tornou menos rígido com esquemas táticos porque tinha de encaixar o francês.

"Zidane mudou minha forma de pensar futebol. Quando eu treinava o Parma, recusei a oferta de contratar Roberto Baggio, um dos grandes talentos do futebol italiano, porque tinha Hernán Crespo e Enrico Chiesa no ataque. Eu apostava em um sistema com posições preestabelecidas, sem a presença de um meia pelo centro", relatou o técnico ao jornal Corriere dello Sport.

"Teria feito diferente e contratado Baggio, se já tivesse ocorrido essa mudança minha. O processo com Zidane foi oposto. Construí o time ao redor dele e lhe ofereci um traje à medida", explicou Ancelotti, que foi treinador do Parma entre 1996 e 1998.

O técnico italiano comandou Real Madrid entre 2013 e 2015, período em que voltou a trabalhar como Zidane, que integrava a comissão técnica do clube espanhol. Para Ancelotti, essa passagem foi especial na carreira dele.

"Os oito anos que passei no Milan são incomparáveis. Mas, se quer a verdade, o lugar mais agradável onde trabalhei foi em Madri. Porque era o Real Madrid e porque todos os treinadores deveriam poder morar nessa cidade", explicou o técnico.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.