Emilio Naranjo/EFE
Emilio Naranjo/EFE

Ancelotti é suspenso por 2 jogos e não dirige mais o Real no Espanhol

Técnico aplaudiu, ironicamente, atuação do juiz contra o Valencia

Estadão Conteúdo

13 de maio de 2015 | 11h01

O técnico Carlo Ancelotti não dirige mais o Real Madrid na atual edição do Campeonato Espanhol. Nesta quarta-feira, o Comitê de Competições da Federação Espanhola de Futebol anunciou a suspensão do treinador por dois jogos por ter desrespeitado publicamente um árbitro.

A comissão disse nesta quarta que Ancelotti aplaudiu continuamente, de modo desrespeitoso, o árbitro Clos Gomez após ele apitar o final do jogo em que o Real Madrid empatou por 2 a 2 com o Valencia, no último sábado, pelo Campeonato Espanhol, no Santiago Bernabéu.

De acordo com o relatório da partida, Ancelotti deu sequência ao seu ato irônico no túnel, e fez o mesmo para um dos árbitros assistentes. Segundo as regras, treinadores que mostram "desprezo ou desrespeito" podem ser suspensos por até um mês.

Ancelotti só voltará a dirigir o Real Madrid neste Campeonato Espanhol se tiver sucesso no seu recurso. O treinador está suspenso dos dois últimos jogos do time no torneio, que serão diante de Espanyol e Getafe. Em segundo lugar, a equipe está a quatro pontos do líder Barcelona. Assim, o Real precisa vencer os seus jogos e torcer por dois tropeços do rival para garantir o título nacional.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.