Ancelotti torce para que Kaká fique no Milan

O técnico do Milan, Carlo Ancelotti, disse nesta sexta-feira que torce pela permanência de Kaká no Milan, embora não possa interferir na decisão do jogador e do clube sobre a oferta milionária do Manchester City. "É algo que Kaká e a direção têm de resolver, mas minha esperança é continuar trabalhando com Kaká por muitos anos", disse o treinador.O clube inglês ofereceu 100 milhões de libras (cerca de R$ 348 milhões) para contar com Kaká, que se tornaria o mais bem pago jogador do futebol mundial. O jogador já teria dito que não queria apenas dinheiro, mas uma equipe forte. Desde quinta-feira, circularam notícias na Inglaterra de que uma das condições que o brasileiro estaria impondo era a contratação do próprio Ancelotti pelo City.O técnico não comentou o assunto nesta sexta-feira, e disse apenas estar consciente de que o clube pode não ter condições de recusar a oferta. "Temos de levar em conta a avaliação que o clube vai fazer da oferta", disse Ancelotti. Segundo ele, o time está preparado para prosseguir sem Kaká. "Nossos objetivos permanecerão os mesmos: vencer a Copa da Uefa e voltar à Liga dos Campeões. O time continuará sendo competitivo."Nesta sexta, Kaká não atendeu à imprensa em Milão. Ao chegar ao treino, acompanhado do ex-jogador Mauro Tassoti, auxiliar técnico do Milan, ele apenas acenou aos repórteres, sem sair do carro em que estava.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.