Anderson Beraldo aprova reforços e esboça mudanças na Portuguesa para Série C

Depois de estrear na Série C do Campeonato Brasileiro com uma derrota por 2 a 1 para o Macaé em pleno estádio do Canindé, em São Paulo, o técnico Anderson Beraldo tenta corrigir os erros da Portuguesa. Nos treinamentos desta semana, ele indicou que fará alterações no time para enfrentar o Mogi Mirim, às 11 horas deste domingo, no estádio Vail Chaves, em Mogi Mirim (SP), pela segunda rodada.

Estadão Conteúdo

27 de maio de 2016 | 18h37

O treinador contará com o zagueiro Mateus Alves, vindo do Guarani. O defensor teve seu nome divulgado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF e está liberado para estrear pela Portuguesa. No trabalho desta sexta-feira, treinou entre os titulares e deve ir para o jogo. Ele deve ficar com a vaga de Talis, que começou jogando contra o Macaé.

Anderson Beraldo também deve fazer alterações no meio de campo e no ataque. Ele testou o volante Boquita e colocou o prata da casa Vinícius para fazer a contenção do meio ao lado de Caíque. Assim, Ferdinando vai para a lateral direita. Na frente, Bruno Mineiro deve perder a posição para o xará Bruno Alves, que formará o trio de ataque rubro-verde ao lado Gustavo Tocantins e Diego Gonçalves.

Além de Mateus Alves, 10 novos jogadores estão treinando no CT. Alguns deles estão em período de teste e podem ser dispensados. O atacante Renato Kayser, emprestado pelo Vasco, e os goleiros Samuel e Raphael Alemão integram a lista de jogadores que já assinaram contrato com o clube, mas ainda não estão com a documentação em dia.

A Portuguesa deve ir a campo com Douglas; Ferdinando, Mateus Alves, Guilherme Almeida e Cesinha; Caíque, Vinícius e Caio César; Gustavo Tocantins, Bruno Alves e Diego Gonçalves.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.